Fonte: OpenWeather

    Zona Franca de Manaus


    Périco diz que Polsin pode ajudar a destravar PPBs em favor da ZFM

    Para o presidente do CIEAM (Centro da Indústria do Estado do Amazonas), Wilson Périco, a reunião de quatro horas, na sexta-feira (3), com o novo comandante da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), general Algacir Polsin, “valeu a pena” e proporcionou confiança aos empresários da indústria e do comércio

    General Algacir Polsin é o novo superintendente da Suframa, em Manaus
    General Algacir Polsin é o novo superintendente da Suframa, em Manaus | Foto: Divulgação

    Para o presidente do CIEAM (Centro da Indústria do Estado do Amazonas), Wilson Périco, a reunião de quatro horas, na sexta-feira (3),  com o novo comandante da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), general Algacir Polsin, “valeu a pena” e proporcionou confiança aos empresários da indústria e do comércio que, a partir de agora, mais do que nunca, apostam em mudanças que possibilitem avançar em projetos ousados como o destravamento dos PPBs (Processos Produtivos Básicos).

    Com a pandemia do novo coronavírus menos furiosa no Estado do Amazonas, o general mostrou ser um executivo de diálogo e disposto a lutar efetivamente pelo fortalecimento do modelo ZFM.  “Foram quatro horas de conversa em que o general exibiu humildade, mas mostrou firmeza e determinação para buscar soluções”, disse Périco. 

    Para o presidente do CIEAM (Centro da Indústria do Estado do Amazonas), Wilson Périco, a reunião de quatro horas, na sexta-feira (3),  com o novo comandante da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), general Algacir Polsin, “valeu a pena”
    Para o presidente do CIEAM (Centro da Indústria do Estado do Amazonas), Wilson Périco, a reunião de quatro horas, na sexta-feira (3), com o novo comandante da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), general Algacir Polsin, “valeu a pena” | Foto: Lucas Silva

    Para o líder do CIEAM, em um momento de incertezas e tensão no PIM (Parque Industrial de Manaus), Polsin assumiu a Suframa e, de repente, conquistou a confiança da comunidade empresarial, demonstrando ação e alta capacidade de diálogo. “Ele pratica o diálogo para encontrar argumentos que ajudem a convencer o Ministério da Economia a aceitar e entender os benefícios da Zona Franca de Manaus e as potencialidades do nosso Estado”, destacou.

    “Saímos muito animados da reunião, não é sempre que você tem uma reunião de quatro horas bem produtiva, transparente e franca, o general entendeu que o PPB assim como o GT-PPB (Grupo Técnico Interministerial (GT-PPB)) são nossos maiores desafios”, detalhou Périco, que há tempos combate a exacerbada concentração decisória acerca dos PPBs em Brasília, quando os processos deveriam ser deliberados em Manaus, onde está localizado o PIM e onde os projetos industriais são implementados.

    ZFM para o mundo

    Os PPBs foram definidos pela Lei n.º 8.387, de 30 de dezembro de 1991, e consistem de etapas fabris mínimas necessárias que as empresas deverão cumprir para fabricar determinado produto como uma das contrapartidas aos benefícios fiscais estabelecidos por lei. Para tratar da burocracia pertinente aos PPBs o Governo Federal criou o Grupo Técnico Interministerial (GT-PPB), disciplinado pela Portaria Interministerial MDIC/MCT nº 170, de 4 de agosto de 2010.

    Na reunião com os empresários, no auditório da FIEAM, o general Polsin também debateu a questão da revitalização das ruas do Distrito Industrial, que envolve um convênio de R$ 150 milhões com a Prefeitura de Manaus, e manifestou determinação em divulgar mais o modelo ZFM com a marca da preservação ambiental para o mundo inteiro a fim de atrair mais investimentos para Manaus, impulsionando a economia estadual e produzindo efetivos benefícios sociais à população.

    A reunião com Polsin teve as presenças do vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo; presidente do CIEAM, Wilson Périco; presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos, Jorge Júnior; e do presidente em exercício da Federação do Comércio do Amazonas, Aderson Frota, além do residente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus, Ralph Assayag, do presidente da Associação Comercial do Amazonas, Jorge Lima, e do Secretário de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas, Jório Veiga.