Fonte: OpenWeather

    Auxílio


    Novo calendário do auxílio emergencial: confira as novas datas

    Nesta quarta-feira(22) é creditado a parcela do auxílio emergencial

    EM TEMPO reuniu todas as informações que você precisa saber sobre as datas dos auxílio
    EM TEMPO reuniu todas as informações que você precisa saber sobre as datas dos auxílio | Foto: Reprodução

    Caixa credita hoje, quarta-feira (22), a primeira parcela do auxílio emergencial para beneficiários nascidos em janeiro. Os beneficiários entram no ciclo 1 do novo calendário de pagamento, que passou a ser organizado em ciclos de crédito na poupança social digital e saque em espécie.

    Aqueles que vão receber a primeira parcela do auxílio emergencial no ciclo 1 fizeram o cadastro entre 17 de junho e 2 de julho. O crédito e o saque são escalonados pelo mês de aniversário.

    Segundo esse calendário, nascidos em janeiro recebem no dia 22; em fevereiro, em 24 de julho; em março, 29 de julho; em abril, 31 de julho; em maio, 5 de agosto; em junho, 7 de agosto; em julho, 12 de agosto; em agosto, 14 de agosto; em setembro, 17 de agosto; em outubro, 19 de agosto; em novembro, 21 de agosto; e em dezembro, 26 de agosto. O saque em dinheiro será entre os dias 25 de julho e 17 de setembro.

    Caixa bloqueia contas da poupança social por suspeita de fraude

    Contas da poupança social da Caixa, usadas para pagamento do auxílio emergencial, foram bloqueadas por suspeita de fraudes. Os usuários do aplicativo Caixa Tem, usado para movimentar a conta, devem se apresentar em uma agência bancária, com documento de identidade para regularizar o cadastro.

    Segundo a Caixa, a área de segurança do banco monitora continuamente as contas e os acessos e, em caso de suspeita, realiza o bloqueio preventivo.

    Dois calendários

    Com a nova organização, o trabalhador precisa estar ciente de que são dois calendários de pagamentos diferentes: a) Bolsa Família: para beneficiários do programa social; nesse caso as datas do pagamento do auxílio coincidem com as do pagamento do Bolsa Família, de acordo com o número do NIS.

    b) Restante dos trabalhadores: esse grupo inclui os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família, mulheres chefes de família e inscritos no Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa. Em ambos os casos, os trabalhadores aprovados receberão cinco parcelas de R$ 600.

    Confira as novas datas

    O Ministério da Cidadania, comandado por Onyx Lorenzoni, é a pasta que define os calendários e a Caixa é a instituição que paga os valores. Assim, ficou definido que os trabalhadores receberão os valores em cinco parcelas de R$ 600, de acordo com o mês de aniversário e o pagamento será dividido em quatro ciclos.

    Ciclo 1
    Ciclo 1 | Foto: Divulgação

    Ciclo 2
    Ciclo 2 | Foto: Divulgação

    Ciclo 3
    Ciclo 3 | Foto: Divulgação

    Ciclo 4
    Ciclo 4 | Foto: Divulgação

    Leia mais:

    Governo garante que prorrogará auxílio para famílias da Monte Horebe

    Banco da Amazônia disponibiliza R$ 80 mi para o produtor rural do AM

    Caixa bloqueia contas do auxílio emergencial após suspeita de fraude