Benefício


Bolsonaro autoriza discussões para estender auxílio emergencial

A ideia foi vista de forma positiva e está de fato sendo estudada

O governo considera reduzir o valor do benefício | Foto: Divulgação

Além de criar o Renda Brasil - em substituição ao Bolsa Família - para ter um programa social para chamar de seu, o presidente autorizou e ficou animado com a possibilidade de extensão do auxílio emergencial até o fim do ano.

De acordo com um ministro palaciano, a ideia foi vista de forma positiva e está de fato sendo estudada. A avaliação é de que há um potencial político importantíssimo que o presidente pode angariar com a extensão do benefício. 

O governo considera reduzir o valor do benefício, mas ai precisaria de nova aprovação do instrumento no Congresso. Na primeira extensão que fez do benefício em junho, o governo optou por mais duas parcelas de R$ 600 justamente para evitar mais uma negociação com o Parlamento.

Leia mais

Auxílio emergencial: governo cogita estender, mas com valor reduzido