Fonte: OpenWeather

    Tecnologia


    Manaus é escolhida para implantação de projetos de inovação

    A escolha foi da parte da Estônia, país do norte da Europa considerado o mais digital do planeta

    | Foto: Alex Pazuello

    Manaus - A cidade de Manaus foi escolhia pela Estônia, país do norte da Europa considerado o mais digital do planeta, para desenvolver projetos de inovação tecnológica, a partir do Casarão de Inovação, que será implantado no antigo hotel Cassina, no centro histórico. O anúncio foi feito na quinta-feira (17), pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que recebeu mensagem do Governo estoniano manifestando o interesse em desenvolver projetos do chamado “Pick up point”.

    Arthur Virgílio afirmou ainda que o Governo da Estônia ficou interessado a partir do anúncio de implantação do Casarão de Inovação como polo de inovação tecnológica e de economia 4.0 e ainda, com a inauguração do Centro de Controle da Cidade (CCC), ambos projetos incluídos nos conceitos de cidade inteligente, administração e economia 4.0 que Manaus vem desenvolvendo.

    “Nós temos muito o que aprender com eles. É uma companhia boa e é uma honra imensa que o país mais digitalizado do mundo tenha escolhido Manaus, visto qualidades e perspectivas aqui e o apego que nós, do governo municipal, temos à ideia de desenvolver a economia 4.0”, comemorou o prefeito.

    O prefeito destacou ainda a excelente performance de Manaus nos diversos indicadores de economia e desenvolvimento, nos quais a cidade aparece sempre entre os dez primeiros. Exemplo disso é o indicador de empreendedorismo, onde até o ano passado Manaus figurava em 8º lugar e este ano já aparece em 6º. “Eles devem ter avaliado esses dados para decidir por Manaus”, avaliou o prefeito.

    Para o titular da Secretaria Municipal de Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), Marcos Pessoa, Manaus já tem uma conexão com a Estônia e a partir da instalação das pick up points Manaus já poderá fazer negócios com a Europa. “O prefeito vai enviar uma carta para o governo, abrindo as portas de Manaus para a instalação do pick up point e, com isso, será gerado mais desenvolvimento, mais negócios, mais turismo, mais movimentação na economia”, afirmou.

    Pick up point

    Os pick up points são utilizados pelas grandes redes de lojas que trabalham com o e-commerce
    Os pick up points são utilizados pelas grandes redes de lojas que trabalham com o e-commerce | Foto: Alex Pazuello/Semcom

    Os pick up points, ou pontos de captação e entrega, são utilizados pelas grandes redes de lojas que trabalham com o e-commerce, porque permite que a compra seja feita pela internet e que o consumidor possa buscá-la em uma loja da rede física, influenciando no custo de logística e de transporte

    Bastante popular na Europa, os pick up points começam a se tornar tendência no Brasil. As lojas virtuais, que não possuem lojas físicas trabalham em parcerias com outros estabelecimentos. É também um ponto de interesse para a logística reversa, uma vez que o cliente pode devolver a mercadoria ao fornecedor, entregando-as nesses pontos.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Alternativa para recolocação dos funcionários da Sony

    Lei estadual determina redução de taxas cobradas pelos cartórios

    Curso prepara profissionais para mudanças no currículo escolar