Fonte: OpenWeather

    Gastronomia


    Abrasel e Comissão da Mulher fecham parceria para Feira Internacional

    Objetivo é fomentar ainda mais os produtos da área gastronômica desenvolvidos pelas mulheres empreendedoras

    Capital é a primeira cidade mais empreendedora da Região Nortes | Foto: Divulgação

    Inovação, oportunidades e valorização dos produtos regionais. Esses foram os principais fatores para a parceria entre o projeto Mulher Empreendedora, criado pela Comissão de Defesa e Proteção dos Direitos da Mulher da Câmara Municipal de Manaus, presidida pela vereadora Mirtes Salles (Republicanos) e Feira Internacional de Gastronomia (FIGA), a ser realizada, em 2021, pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

    O objetivo é fomentar ainda mais os produtos da área gastronômica desenvolvidos pelas mulheres empreendedoras, com uma divulgação em espaço reconhecido e tradicional aqui do estado. Vale lembrar que o projeto já tem um ano e sete meses, com mais de dois mil atendimentos e reuniões em diversos pontos de Manaus.

    ‘Nós tivemos essa ideia justamente para proporcionar renda e abrir um caminho para essas mulheres criarem um trabalho, dentro de casa, e dessa forma contribuir para o sustento de suas famílias. Essa parceria só vem para engradecer essa iniciativa e dar mais oportunidades às mulheres das comunidades e bairros da capital”, explicou Mirtes.

    Importante lembrar que esse modelo de negócio está em alta em Manaus, a capital é a primeira cidade mais empreendedora da Região Nortes; a sexta do Brasil.

    E de acordo com o presidente da Abrasel no Amazonas, Fabrício Cunha, essa nova união vai contribuir ainda mais para a geração de emprego e renda e também na abertura de novos mercados de trabalho.

    “As feiras são um espaço fundamental na construção de negócios e os manauenses precisam reconhecer e valorizar os produtos regionais. Vimos na parceria com o Mulher Empreendedora, uma oportunidade de descobrir novos talentos da gastronomia local e incentivar ainda mais mulheres a embarcar nesse projeto”, afirmou Fabrício.

    Lembrando que por causa da pandemia da Covid-19, a Figa vai ser realizada no próximo ano, para garantir a segurança de todos os expositores. Em 2019, a feira recebeu uma média de 40 mil pessoas, no Centro de Convenções Vasco Vasquez, nos três dias de evento.

    *Com informações da assessoria