Dia das Crianças


Comércio de Manaus estima alta de 1,98% nas vendas do Dia das Crianças

De acordo com levantamento da CDL-Manaus, 23% dos consumidores pretendem comprar brinquedos para as crianças

Dos consumidores, 50% disseram que irão comprar presentes para comemorar a data | Foto: Michel Dantas

Manaus – Com produtos como brinquedos, videogames e bicicletas, o comércio de Manaus estima um crescimento de até 1,98% nas vendas do Dia das Crianças, comparado com o mesmo período do ano anterior. Mesmo com as perdas ocasionadas pela paralisação das atividades econômicas, durante os primeiros meses da pandemia, o setor segue confiante e apresentando bons resultados.

De acordo com pesquisa feita pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), com consumidores manauaras, 50% deles disseram que irão comprar presentes para comemorar o Dia das Crianças (12) o que representa um aumento de 1,98% pontos percentuais em relação a data anterior. Além disso, dados apontam que o ticket médio de compra na capital será de R$ 128,44, resultando em uma receita bruta de R$ quase 46 mil.

O estudo mostra que 23% dos entrevistados pretendem comprar brinquedos, em seguida, estão os bonecos (as) (17,4%); vestuário (13%); videogame (12,4%); tablet (11,9); e bicicleta (6,4%). Estes também foram os cinco itens no topo da lista de intenção de compras dos entrevistados no ano de 2019, com alteração na ordem de preferência.

A data é uma das mais importantes no calendário do comércio
A data é uma das mais importantes no calendário do comércio | Foto: Arthur Castro

O administrador Fernando Silva, 31 anos, é um dos que pretende presentear o filho, Pedro. “Ele ficou muito tempo vivendo o isolamento, longe da escola. Agora que as coisas estão voltando ao normal quero juntar um dinheiro e aproveitar as possíveis promoções do dia 12 para comprar alguns itens que sei que ele está querendo”, conta o pai.

Para o presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Ataliba David, a data é uma das mais importantes no calendário de vendas do comércio e deve trazer bons resultados para todos os comerciantes que conseguiram abastecer seus estoques. “Digo isto, pois esses segmentos (brinquedos, videogames) dependem das importações, que dependem da oscilação da cotação do dólar”, explica.

Crescimento econômico

De acordo com o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM), Aderson Frota, o comércio vem apresentando uma boa recuperação e as datas comemorativas são importantes nesse cenário. “O comércio está apresentando bons resultados, estamos vendo um crescimento e acreditamos que nesse momento não será diferente”, afirma.

O comércio amazonense apresentou uma alta 19,7% no volume de vendas em julho deste ano, em comparação com o mesmo período de 2019, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No comparativo com o mês de junho deste ano, o crescimento foi de 5,5%. Com os resultados, o Estado já possui o 4º melhor desempenho no ano. Em relação à indústria, o Amazonas cresceu 14,6% em julho de 2020, em comparação com o mês anterior.

No Brasil, a data irá movimentar R$ 10,8 bilhões

De acordo com a pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pela Offer Wise em todas as capitais, 72% dos consumidores planejam ir às compras. A expectativa é de que o varejo movimente cerca de R$ 10,8 bilhões. Mesmo com o comprometimento da renda familiar, o percentual de pessoas que farão compras não mostrou uma diferença significativa em comparação a 2019 (73,3%).

O presidente da CNDL, José César da Costa, destaca que o Dia das Crianças é uma importante data para o comércio, que possibilita entender as tendências das compras de final de ano. “Os dados de intenção de compra servem de termômetro para o fim de ano, ao trazer as primeiras impressões do que deve acontecer no Natal”, salienta.

Veja mais:

Produção de queijo segue em expansão no Amazonas

Setor de estética no AM continua em alta mesmo na pandemia

Serviços de paisagismo e urbanismo avançam em Manaus