Fonte: OpenWeather

    Produção rural


    Sepror comemora resultado da agropecuária no PIB do Amazonas

    Em 2019, o setor representou 5,94% do PIB, equivalente a R$ 7,4 bilhões

    Este desempenho foi resultado da adoção de políticas do Governo do AM direcionadas ao agro | Foto: Arthur Castro

    Manaus - A Secretaria Estadual de Produção Rural (Sepror) comemora os números crescentes da participação de grande destaque da agropecuária no Produto Interno Bruto (PIB) do Amazonas. Em 2019, o setor representou 5,94% do PIB, equivalente a R$ 7,4 bilhões – o melhor resultado do segmento no PIB estadual, nos últimos 18 anos.

    Este desempenho foi ressaltado pelos titulares da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Jório Veiga, os quais creditam o resultado à adoção de políticas do Governo do Estado direcionadas ao agro.

    “Há quase dois anos à frente da Sepror, os investimentos no setor primário do Plano Safra Amazonas já apresentam resultados positivos nos indicadores do PIB. Ainda temos muito a fazer, mas a decisão do governador Wilson Lima de interiorizar o desenvolvimento e diversificar a matriz econômica está correta”, disse o secretário da Sepror.

    Os números são da Sedecti e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e mostram a participação da agropecuária no PIB do estado a partir de 2002, quando a contribuição do setor foi de aproximadamente R$ 1,2 bilhão. Os dados foram anunciados pelo secretário Jório Veiga.

    "A contribuição crescente da agropecuária ao PIB do Amazonas é resultado de políticas especificamente elaboradas pelo Governo do Estado para o setor, que contemplam a melhoria da produção, da infraestrutura e de programa de fomento. Houve avanços significativos na oferta de linhas de financiamento e suporte técnico, sem contar as articulações e os incentivos fiscais para empreendimentos da agroindústria que se instalam nas cidades do interior”, disse o titular da Sedecti.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Guaraná de Maués ganha selo nacional de Indicação Geográfica

    Produção de castanha-do-brasil no Amazonas é destaque nacional

    Setor primário do AM dá indicativos de crescimento