Fonte: OpenWeather

    Agricultura


    Adaf amplia cadastro de novas revendas agropecuárias e empreendimentos

    O Amazonas conta com 17 estabelecimentos registrados, entre revendas, empresas prestadoras de serviços com agrotóxicos e postos de recebimento

    Ao todo, 587 agrotóxicos são cadastrados na Adaf para serem utilizados no Amazonas
    Ao todo, 587 agrotóxicos são cadastrados na Adaf para serem utilizados no Amazonas | Foto: Divulgação

    Manaus - Visando coibir a venda de agrotóxicos e produtos de origem animal ilegalmente no Amazonas, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) cadastrou e renovou novas revendas agropecuárias e empreendimentos de origem animal no Serviço de Inspeção Estadual (SIE). 

    Ao todo, 11 revendas para a comercialização de agrotóxicos foram renovadas durante este ano, e seis novas foram registradas na agência.

    A venda irregular de agrotóxicos pode causar graves impactos ambientais e danos à saúde das pessoas. A meta da agência é ter pelo menos um estabelecimento regularizado em cada município amazonense. 

    Atualmente, o Amazonas conta com 17 estabelecimentos registrados, entre revendas, empresas prestadoras de serviços com agrotóxicos e postos ou centrais de recebimento de embalagens vazias, localizados em Manaus, Manicoré (Santo Antônio do Matupi), Manacapuru, Apuí, Boca do Acre, Tefé e Itacoatiara.

    Ao todo, 587 agrotóxicos são cadastrados na Adaf para serem utilizados no Amazonas. São produtos como herbicidas, inseticidas, fungicidas e formicidas, que contribuem para o controle de pragas, doenças e plantas daninhas para agricultura e pecuária, garantindo o aumento da produção e produtividade. 

    O responsável pela revenda Mustang Comércio e Representações Ltda, Paulo Mustang, registrada em agosto no município de Boca do Acre, distante 1.028 quilômetros de Manaus, ressalta a importância das empresas que comercializam defensivos agrícolas possuírem o controle dos órgãos fiscalizadores. Ele destaca que, se o produto for usado corretamente, não causará danos ao meio ambiente, à saúde humana e aos animais, porém o uso incorreto pode ser nocivo.

    “Por isso a importância de se ter um órgão como a Adaf para fiscalizar e acompanhar o trabalho de qualquer empresa que esteja revendendo os defensivos. Temos que trabalhar dentro da legislação”, afirmou. 

    Serviço de Inspeção Estadual

    No serviço de inspeção estadual, cinco novos empreendimentos foram registrados: uma unidade de beneficiamento especializada em produtos regionais defumados, em Manaus; uma unidade de beneficiamento de produtos cárneos, leites e derivados, em Manaus; dois abatedouros de bovídeos, sendo um em Matupi (Manicoré) e outro em Humaitá; e uma queijaria artesanal em Autazes. 

    Em 2020, a Adaf chegou o total de 167 de estabelecimentos com SIE ativo no Amazonas. O SIE concedido pela Adaf aplica-se aos produtos de origem animal destinados ao comércio nos limites do estado. Estabelecimentos cujo comércio se limita a um município devem ter o serviço de inspeção municipal (SIM), e podem solicitar a certificação estadual caso haja interesse no comércio para outros municípios amazonenses.

    Quando a produção se destina ao comércio interestadual, é necessário ser certificado pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). 

    O diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, destacou a importância da regularização dos estabelecimentos de produtos de origem animal junto aos órgãos de inspeção, seja ela no âmbito municipal, estadual ou federal, e a valorização dos produtos regionais impulsionada por esse trabalho. 

    “Estamos valorizando os produtos regionais e assegurando a saúde pública, com a implantação do Serviço Estadual da Adaf, a qualidade higiênico-sanitária do produto que estará sendo comercializado nas redes de supermercados”, destacou Alexandre.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Governo do Amazonas nomeia mais 20 aprovados no concurso da Adaf

    Adaf inicia segunda etapa da vacinação contra febre aftosa no AM

    Adaf promoverá atualização cadastral de animais em 13 municípios do AM