Fonte: OpenWeather

    Redução de Despesas


    ‘Economia ao cofre público’, diz Arthur ao anunciar leilão de imóveis

    A medida faz parte do plano de contingência a para reforçar a entrada de recursos para novos investimentos

     Os lances iniciais das propriedades variam entre R$ 50 mil e R$ 46 milhões
    Os lances iniciais das propriedades variam entre R$ 50 mil e R$ 46 milhões | Foto: Divulgação

    Manaus - Encerrando o plano de contingência para reduzir o impacto econômico da pandemia de Covid-19, com a extinção de contratos de aluguéis e redução de despesas o  o prefeito Arthur Virgílio Neto inaugurou nesta terça-feira (1), o complexo administrativo Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro, no bairro Compensa, Zona Oeste e anunciou o leilão de oito imóveis da Prefeitura de Manaus.

    As medidas foram estabelecidas em junho como uma forma de reforçar a entrada de recursos para novos investimentos.

    “É economia para os cofres públicos, como outros muitos prédios públicos foram desalugados e isso explica, em parte, o equilíbrio financeiro do município. Fizemos isso durante todos os oito anos, cortando custeio e outras despesas, mas endurecemos muito mais este ano, para enfrentar a pandemia que ainda está em curso”, disse o prefeito. Só com o desaluguel de imóveis, que abrigavam os órgãos agora alojados no novo complexo administrativo, desde junho, a Prefeitura de Manaus economizou R$ 1,6 milhão este ano.

    A estrutura abriga a Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), que gerencia a Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), o Serviço de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Município de Manaus (Manausmed) e a Junta Médico-Pericial do Município (JMPM), e recebeu o nome do desembargador Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro, avô do prefeito Arthur Neto. “Fico feliz com a homenagem, meu avô era nordestino (de Goiana/Pernambuco), negro e teve uma trajetória importante na cidade, fez história e marcou época”, emocionou-se.

    Construída em uma área de 2.660 metros quadrados, ao lado da Casa Militar, na avenida Padre Agostinho Caballero Martin, o complexo administrativo tem dois andares e uma estrutura moderna, com capacidade para 650 servidores e abriga os departamentos das áreas de contas públicas, recursos humanos e supervisionados, patrimônio e planejamento. “A ideia é otimizar recursos e o projeto aglutinou secretarias e subsecretarias e, com isso, vamos economizar, só em aluguel, R$ 3,5 milhão por ano”, destacou o secretário municipal da Semad, Lucas Bandiera.

    A estrutura também conta com três salas de aula, para a promoção da capacitação de servidores públicos e espaço para atendimento aos bolsistas dos programas de socioinclusão do município, geridos pela Espi/Semad, como os Bolsas Universidade, Pós-Graduação e Idiomas.

    O espaço dispõe ainda de elevador para facilitar a acessibilidade de quem busca atendimento no Manausmed, e salas de atendimento aos servidores que necessitam de perícia para licença médica e demais avaliações emitidas pela Junta Médico-Pericial do Município.

    Leilão

    Após a inauguração do novo complexo, o prefeito Arthur Virgílio Neto também anunciou a realização do leilão de oito de imóveis da Prefeitura de Manaus, que será realizado no dia 9 de dezembro. A realização do leilão visa a venda de cinco salas comerciais, dois terrenos e uma casa, localizados nos bairros Adrianópolis, Centro, Cidade Nova 2 e Parque 10 de Novembro. Os lances iniciais das propriedades variam entre R$ 50 mil e R$ 46 milhões.

    “Os imóveis não têm utilidade a curto e médio prazos e alguns desses imóveis são valiosos no mercado imobiliário. Então, essa é uma forma de injetar mais recurso em caixa. Já fizemos isso em outras ocasiões, ao longo dos últimos oito anos, com muito bons resultados”, afirmou o prefeito.

    Marcado para acontecer no próximo dia 9, às 10h, a venda dos lotes será realizada de forma presencial, no auditório do hotel Adrianópolis, na rua Salvador, nº 195, bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul, e virtual pelo site do leiloeiro público oficial. Podem participar pessoas físicas e jurídicas, aptas às condições impostas em edital. Para participar via internet, é preciso, porém, realizar um cadastro prévio com até 24 horas de antecedência no portal Asami Leilões.

    A visita presencial prévia aos imóveis acontece já a partir desta terça-feira, 1º, até dia 4 de dezembro, seguindo os protocolos de segurança em razão da Covid-19. Os interessados deverão realizar agendamento prévio com, no mínimo, 24 horas de antecedência.

    O edital do Leilão de Bens Imóveis desafetados de propriedade do município foi publicado na edição 4.972, do Diário Oficial do Município (DOM), na terça-feira, 24/11, e está disponível também no endereço www.asamileiloes.com.br. Esclarecimentos adicionais necessários ao entendimento das condições do leilão serão fornecidos pela Comissão Permanente de Avaliação e Alienação de Bens Imóveis da Prefeitura de Manaus, no e-mail [email protected] Outras informações também poderão ser solicitadas ao leiloeiro oficial, pelo e-mail [email protected] ou telefone (92) 99300-2855.

     *Com informações da assessoria 

     Leia mais: