Fonte: OpenWeather

    Cesta natalina


    Procon-AM aponta variação de até 256% em preços de itens da ceia

    A pesquisa foi realizada em 11 supermercados de Manaus, entre os dias 1º e 11 de dezembro

    Manaus - Um levantamento do Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) constatou variação de até 256,65% nos produtos da ceia de Natal. A pesquisa foi realizada em 11 supermercados de Manaus, entre os dias 1º e 11 de dezembro.

    A equipe do Procon-AM levou em consideração 93 produtos, divididos em dez categorias (azeites, batata-palha, bombons, carnes congeladas, conservas, farofas, frutas em calda, leite condensado/creme de leite, panetones/chocotones e vinhos/espumantes).

    O produto com maior variação foi o pernil desossado temperado (congelado) da marca Sadia, com preços de R$ 19,90 a R$ 69,90. Outro item com grande diferença foi o chocolate Alpino, com menor preço a R$ 5,25, e maior a R$ 17,99, o que sinaliza variação de 242,67%.

    A pesquisa apontou, ainda, que dez itens não tiveram mudança de preço.

    O diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe, lembra que o órgão não tem competência legal para determinar valores de produtos. Com isso, a pesquisa de preços tem caráter informativo.

    “A variação de preço foi algo que chamou atenção. Determinados produtos chegam a ultrapassar 150%, 200%. Fizemos a pesquisa e vamos compartilhar em nossas redes sociais e site para que a população possa buscar sua cesta natalina com um preço que caiba no orçamento”, afirma o titular do órgão.

    A lista com os produtos e os respectivos valores pode ser acessada no site do Procon ou diretamente no link.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Preço da cesta natalina pode variar até 84% em Manaus

    Ceia natalina pode sair até 20% mais cara em Manaus

    Cesta de Natal fica 2,5% mais salgada e pesa no bolso do manauara