Fonte: OpenWeather

    Incentivo


    Atividades do Idam auxiliaram agricultores e produtores rurais em 2020

    Entre essas atividades estão a força-tarefa para o crédito rural, as capacitações de extrativistas e o licenciamento ambiental da agroindústria de castanha-do-brasil

     

    O Idam também ofereceu assistência a 38 movelarias
    O Idam também ofereceu assistência a 38 movelarias | Foto: Divulgação/Idam

    Manaus - Com o objetivo de ajudar agricultores, produtores rurais e extrativistas em meio à pandemia, o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), por meio do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Florestal (Datef), desenvolveu diversas atividades que incentivaram as produções ao longo de 2020.

    Entre essas atividades está a força-tarefa para o crédito rural, realizada de junho a dezembro de 2020, por meio da qual mais de 895 Cadastros Ambientais Rurais (CAR) passaram pelo projeto de consulta para regularização ambiental na modalidade de licenciamento ambiental, um número que inclui 528 retificações e 367 consultas. Em relação a igual período de 2019, as retificações e consultas cresceram aproximadamente 320%, abrangendo mais de 45 municípios.

    Também de junho a dezembro do ano passado, foram realizadas capacitações de extrativistas no município de Tapauá e a implantação, organização e licenciamento ambiental da agroindústria de beneficiamento de castanha-do-brasil no município.

    De acordo com a chefe do Datef, Nadiele Pacheco, “o principal objetivo é prestar apoio técnico às unidades locais do Idam para a prestação de uma assistência técnica e extensão florestal de qualidade aos beneficiários do instituto”.

    “Elaboramos projetos de crédito rural em parceria com a Gerência de Crédito Rural do Idam e Secretária de Produção Rural (Sepror) que somam mais de R$ 1 milhão para aquisição de castanha-do-brasil para agroindústria, e também crédito rural para os extrativistas de forma individual. Além do acesso à Política de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), com o pagamento de mais de R$ 150.000,00 para mais de 150 extrativistas, realizado pelo Idam em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)”, informou a chefe do Datef.

    Durante o período de força-tarefa, o Idam também ofereceu assistência a 38 movelarias no processo de credenciamento para o Programa de Regionalização do Mobiliário Escolar (Promove), gerenciado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), para o fornecimento de móveis escolares.

    Segundo Nadiele, a meta para 2021 é focar no treinamento com os recém-chegados do concurso público do órgão, técnicos e engenheiros florestais. “Esta meta já está em andamento. Nesta semana estamos trabalhando na temática de Cadastro Ambiental Rural (CAR) com todos os extensionistas do Idam”, concluiu.

    À medida que sejam reduzidas as restrições impostas para enfrentamento da pandemia de Covid-19, a partir de avaliações dos órgãos e autoridades de saúde, também passarão a ser feitas visitas técnicas para a atualização de projetos de manejo florestal.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Idam efetua entrega de 6,5 toneladas alimentos em Borba

    Idam entrega mais de 12 toneladas de alimentos pelo PAA em Anamã

    Idam cria canal de comunicação para atender produtor durante pandemia