Fonte: OpenWeather

    Agricultura


    Agricultores recebem mais de 40 toneladas de sementes e grãos no AM

    Kits serão entregues a partir do dia 15 de fevereiro e devem garantir a geração de renda das famílias nesse período da pandemia

     

    Os kits serão destinados a agricultores familiares e produtores rurais dos 62 municípios do AM
    Os kits serão destinados a agricultores familiares e produtores rurais dos 62 municípios do AM | Foto: Divulgação/Secom

    Manaus - O governador Wilson Lima esteve, nesta quarta-feira (10/02), na unidade de logística da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), em Iranduba, onde acompanhou o armazenamento de 13,7 mil kits de sementes (42,8 toneladas), que serão destinados a agricultores familiares e produtores rurais dos 62 municípios para garantir a geração de renda e o fomento da economia do setor primário nesse período da pandemia.

    A ação com o “Kit Agricultura Familiar” faz parte do programa Agro Amazonas, lançado em dezembro passado pelo governador, para reforçar o desenvolvimento do setor primário e diversificar a matriz econômica do estado, através da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror).

    “Estamos na fase final de montagem desses kits, compostos por dez tipos diferentes de sementes, de hortaliças, frutas e também grãos. (Ele) será destinado àqueles pequenos produtores, que neste momento enfrentam dificuldades em razão da pandemia. No momento em que esses kits forem entregues pelo Idam, o produtor já vai receber a orientação de como será feito o plantio e todas as técnicas para que ele possa ter o melhor rendimento. Essas são sementes de altíssima qualidade, e cada kit desse tem a possibilidade de produzir até 2.500 quilos de alimentos”, destacou o governador.

    Os kits começarão a ser entregues no dia 15 de fevereiro e beneficiarão produtores das culturas do milho, feijão, frutas e legumes, que possuem a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) ou Cartão do Produtor Primário e que sejam atendidos pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam).

    Assim como em 2020, o governador enfatizou que o setor primário vai continuar recebendo apoio para estimular o desenvolvimento das cadeias produtivas do estado.

    “No ano passado, nós compramos parte dos produtos dos feirantes das feiras da ADS. Fizemos entregas de implementos e de outros insumos. Fizemos a compra da agricultura familiar através do nosso Preme (Programa de Regionalização da Merenda Escolar), e nesse ano vamos continuar com essas ações para também dar a devida assistência para esse setor econômico, que é o setor que melhor tem reagido diante da pandemia”, explicou o governador Wilson Lima.

    Auxílio Estadual

    Outro importante apoio do Governo do Estado voltado para segurança alimentar e renda das famílias do interior é a entrega do Auxílio Estadual. O auxílio financeiro já foi entregue para as cidades da calha do Juruá, e prossegue em Manaus e na região metropolitana. Nesta semana, o benefício chega para as famílias da calha do Baixo Amazonas, conforme explica o governador Wilson Lima.

    “Estamos com um trabalho muito forte na questão social, e estamos fazendo a entrega dos cartões, no valor de R$ 600, para aquelas pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social. A distribuição continua aqui na capital e na região metropolitana e também no interior, como o Baixo Amazonas, aonde estamos chegando nesta quarta-feira. E daí vamos avançando para outros municípios, para que outras pessoas possam ser beneficiadas”.

    Logística de entrega

    Constituídos de sementes de Alface, Cebolinha, Coentro, Couve, Maxixe, Melancia, Mamão, Maracujá, Milho e Feijão, os kits foram adquiridos pela Sepror junto a produtores cadastrados e fornecedores do centro-sul do país. Nos municípios amazonenses beneficiados, o plantio se processará de acordo com o calendário local.

    “O Governo do Amazonas está preparando o kit de sementes para a agricultura familiar, garantindo assim a segurança alimentar e nutricional desses agricultores, e também uma renda, dando aí as condições para que eles possam plantar, colher e obter uma renda fruto do trabalho de cada um. O Idam vai fazer a seleção desses agricultores, e essa semente vai chegar no calendário agrícola para ser plantada nas nossas áreas já manipuladas”, comentou o secretário titular da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior.

    Os kits de Agricultura Familiar vão começar a ser entregues no dia 15 de fevereiro, pelos escritórios locais do Idam. A entrega total acontecerá até março, e todo o processo será acompanhado por técnicos do Sistema Sepror, que prestarão assistência aos beneficiados.

    “As nossas equipes locais estão prontas e preparadas com logística de voadeira e de veículos para se deslocar até a comunidade rural para entregar. Um trabalho que já vem se planejando há muito tempo, junto com a Sepror e com a determinação do governador. Essas famílias que vão receber são aquelas que não têm condições de comprar as suas sementes porque não têm recursos para comprar aqui na capital”, disse o diretor-presidente do Idam, Valdenor Cardoso.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Programas da ADS trazem oportunidade para produtores rurais

    Programa Crédito Rural financia agropecuária com R$ 1,7 bilhão em 2020

    Caixa aumenta em 20% oferta de crédito rural no primeiro semestre