Fonte: OpenWeather

    Benefício


    Auxílio Manauara: veja a lista de quem vai receber R$ 200 por 6 meses

    Programa beneficiar 40 mil famílias com R$ 200, por um período de seis meses, podendo ser prorrogado por mais seis meses caso permaneça a situação de pandemia

     

    A primeira parcela será paga na próxima sexta-feira (5)
    A primeira parcela será paga na próxima sexta-feira (5) | Foto: Divulgação

    Manaus - A Prefeitura de Manaus divulgou nesta segunda-feira (1ª),  a relação dos beneficiários contemplados pelo programa municipal de transferência de renda, o Auxílio Manauara, que vai beneficiar 40 mil famílias com R$ 200, por um período de seis meses, podendo ser prorrogado por mais seis meses caso permaneça a situação de pandemia. 

    A primeira parcela será paga na próxima sexta-feira (5). A Prefeitura de Manaus irá injetar um total de R$ 8 milhões, mensalmente, na economia local, sendo que a segunda parcela será paga no dia 31 deste mês, totalizando R$ 16 milhões em março.

    A consulta pode ser feita pelo aplicativo Auxílio Manauara, na aba “Divulgação de Resultados” e pelo site auxilio.manaus.am.gov.br. A lista também estará disponível no Portal da Transparência da prefeitura (transparência.manaus.am.gov.br) e no site da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (semasc.manaus.am.gov.br). 

    “Depois do período de inscrição, iniciamos a verificação das informações fornecidas pelos inscritos, cruzando com diferentes bancos de dados que nós temos. Nosso próximo passo é encaminhar todos esses dados para a Caixa Econômica Federal, que é a instituição bancária que vai abrir as contas sociais digitais dos beneficiários. A partir do dia 5 de março iniciaremos os pagamentos”, informa a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes.

    Pagamento

    Se o beneficiário já tiver o aplicativo Caixa Tem, é só acessar a conta. Do contrário, é preciso baixar o aplicativo Caixa Tem na loja de aplicativos do celular, colocar os dados e a conta já estará aberta. Esse procedimento só deverá ser realizado a partir do dia 5/3.

    De acordo com o calendário, as próximas parcelas serão pagas nos dias 31/3, 30/4, 31/5, 30/6 e 30/7.

    “O prefeito David Almeida determinou que antecipássemos o nosso cronograma de abril para fevereiro, por conta do agravamento da crise econômica, em virtude do fechamento do comércio, diante do aumento do número de contágio e de óbitos pelo novo coronavírus. O Auxílio Manauara vem em um momento importante e é destinado para quem mais precisa”, salienta Jane Mara.

    Para as famílias contempladas que tiverem dúvidas a respeito das próximas etapas, podem entrar em contato com o Disque-Auxílio Manauara nos números 98842-4777 e 98842-1018. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. Os contatos são apenas para ligações e não tem a finalidade de tirar dúvidas de pessoas não elegíveis pelo programa.

    Irregularidades

    Como o processo é autodeclaratório, pessoas que não estejam dentro das condições estabelecidas e que tenham sido aprovadas pelo sistema podem ser denunciadas por meio do Disque-Auxílio Manauara. Caso a fraude seja comprovada, o processo será encaminhado para a Procuradoria Geral do Município (PGM), para as devidas providências.

    Programa

    O programa Auxílio Manauara foi uma promessa de campanha do prefeito David Almeida, nas eleições municipais.

    As inscrições aconteceram entre os dias 10 e 16/2, e mais de 376 mil famílias tiveram o cadastro validado. O auxílio é destinado a famílias beneficiárias do programa Bolsa Família, com crianças até 36 meses de idade e se for família unipessoal, idoso acima de 60 anos; e trabalhador informal, a partir dos 18 anos, com crianças até 36 meses de idade ou família unipessoal. Em ambos os casos, a família deve ter renda mensal de até R$ 178 por pessoa.

    São critérios para não receber o Auxílio Manauara: ter emprego formal ativo; família ter renda per capita acima de R$ 178; estar recebendo seguro-desemprego ou benefícios previdenciários, assistenciais ou benefícios de transferência de renda federal ou estadual, com exceção do Bolsa Família.

    *Com informações da assessoria