Fonte: OpenWeather

    Crédito


    Medida municipal que cria o “Auxílio Empreendedor” é enviada à CMM

    A proposta tem como objetivo fortalecer as políticas de enfrentamento à crise econômica, com aporte de recursos na ordem de R$ 1.800.000,00

     

    Pela proposta, para ter acesso ao auxílio, os empreendedores deverão ter sede em Manaus
    Pela proposta, para ter acesso ao auxílio, os empreendedores deverão ter sede em Manaus | Foto: Arquivo/Agência Brasil

    Manaus - A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), apresentou, nesta terça-feira, 30/3, à Câmara Municipal de Manaus (CMM), com pedido de regime de urgência, a mensagem do Executivo municipal, que cria o “Auxílio Empreendedor”, uma ajuda emergencial em parcela única no valor de R$ 300, aos permissionários, empreendedores e trabalhadores informais de Manaus. 

    A medida tem relação com as políticas públicas propostas pelo Fundo Municipal de Empreendedorismo e Inovação (Fumipeq), e tem como objetivo fortalecer as políticas de enfrentamento à crise ocasionada pela pandemia da Covid-19, principalmente no aspecto econômico e financeiro, com o aporte de recursos na ordem de R$ 1.800.000,00.

    De acordo com o secretário da Semtepi, Radyr Jr., a ação é um auxílio que a prefeitura está estendendo a aproximadamente 6 mil empreendedores de Manaus. “Atendendo à solicitação do prefeito David Almeida, nós seguimos trabalhando de forma integrada com outras secretarias, desta vez, a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal, a Semacc, está atuando junto conosco, para que a gente consiga identificar esses empreendedores”, ressaltou Radyr.

    Pela proposta, para ter acesso ao auxílio emergencial, os permissionários, empreendedores e informais deverão ter sede na cidade de Manaus, estar ativos e com registro nas galerias populares e ambientes administrados pela Prefeitura de Manaus e apresentar documentação regular e comprobatória, conforme solicitado pela Semtepi.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    No Amazonas, mais de 160 mil mulheres são empreendedoras

    Como pequenos empreendedores de Manaus sobreviveram ao ano de 2020

    Sem empregos, mães abrem negócios para sustentar famílias em Manaus