Fonte: OpenWeather

    Indústria


    Projetos aprovados no PIM somam R$ 950 milhões em investimentos

    Além dos investimentos, aprovados pelo CAS, 1.353 novos empregos serão gerados no Polo Industrial de Manaus

     

    Desses projetos, oito são de implantação e 19 de ampliação, atualização e diversificação
    Desses projetos, oito são de implantação e 19 de ampliação, atualização e diversificação | Foto: Divulgação

    Manaus - Um total de 27 projetos industriais e de serviços, que somam investimentos de aproximadamente R$ 950 milhões (US$ 174 milhões) e estimam a geração de 1.353 novos empregos no Polo Industrial de Manaus (PIM) em até três anos, foram aprovados na quarta-feira (28) pelo Conselho de Administração da Suframa (CAS), em sua 297ª Reunião Ordinária. 

    Desses projetos, oito são de implantação e 19 de ampliação, atualização e diversificação. Também foram aprovados quatro projetos do Distrito Agropecuário da Suframa (DAS) – sendo três de implantação e um de atualização – que somam R$ 8,3 milhões em investimentos totais e 52 novos postos de trabalho em até cinco anos. 

    A reunião foi presidida pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa.

    Contou também com a participação do superintendente da Suframa, Algacir Polsin, do governador do Amapá, Waldez Góes, da superintendente da Sudam, Caroline Löw e de demais representantes de órgãos governamentais e entidades de classe, entre outros.

    O secretário Carlos Da Costa saudou empresários que, mesmo diante dos percalços que caracterizam um dos momentos mais difíceis da história em decorrência da pandemia da Covid-19, continuam apostando e investindo nos Estados da Amazônia Ocidental (Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima) e no Amapá.

    Nesse sentido, ele destacou a edição, na terça-feira (27), de Medida Provisória que reinstitui o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (Bem), viabilizando a manutenção de milhões de postos de trabalho.

    Balanço 

    O superintendente Algacir Polsin aproveitou seu pronunciamento para fazer um breve balanço das principais atividades desempenhadas pela Suframa.

    Polsin destacou inicialmente que, a despeito da pandemia, o PIM obteve resultados recentes muito importantes, como o crescimento de 13% no faturamento nominal em 2020 e a geração de emprego em uma tendência positiva de crescimento, atingindo mais de 100 mil empregos diretos no último mês de janeiro.

     

    O PIM apresentou crescimento de 13% no faturamento nominal em 2020
    O PIM apresentou crescimento de 13% no faturamento nominal em 2020 | Foto: Divulgação

    Ele enfatizou, ainda, que a aprovação pelo CAS de 146 projetos no ano passado e 60 nas duas reuniões deste ano permite a adoção de uma postura otimista. 

    “Essas ações foram possibilitadas pelas medidas de enfrentamento ao Covid do Governo Federal, em particular, do Ministério da Economia, que permitiram a economia ser mantida aquecida. Além do entendimento do Governo do Amazonas sobre a importância da manutenção do PIM em funcionamento, nesses períodos de restrições, buscando sempre minimizar os impactos às nossas indústrias”, afirmou Polsin.

    Polsin também agradeceu as demonstrações de apoio do governo federal à Suframa e ao modelo Zona Franca de Manaus (ZFM).

    O superintende afirmou que a Autarquia buscará continuar atuando de forma integrada com todos os seus parceiros para superar desafios, como a criação de sistemas de Tecnologia da Informação que melhorem o ambiente de negócios da região, avanços na regularização fundiária do Distrito Agropecuário e melhoramento da sistemática de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I).

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Novo programa vai conectar startups a indústrias do PIM

    PIM será prejudicado com a paralisação de montadoras no país

    Polo Eletroeletrônico assegura bom desempenho da ZFM durante pandemia