Fonte: OpenWeather

    Polo Industrial de Manaus


    Governo do AM faz reunião para atrair investimentos para Manaus

    Wilson Lima reúne com representantes da indústria para debater segurança jurídica e atrair novos investimentos para o PIM

     

    O governador do Amazonas, Wilson Lima, reuniu-se com representantes das mais de 400 empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus para tratar do assunto
    O governador do Amazonas, Wilson Lima, reuniu-se com representantes das mais de 400 empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus para tratar do assunto | Foto: Reprodução

    MANAUS (AM) - O Polo Industrial de Manaus, considerado um dos maiores polos da América Latina, concentra grande parte da produção industrial em eletroeletrônicos, fábricas de duas rodas ( motos e bicicletas), polo relojoeiro, componentes e uma infinidade de outras indústrias, no Amazonas.

    Além de representar a maior fonte de geração de riqueza para a região, com proteção do meio ambiente, o polo emprega milhares de pessoas.

    Pensando nisso, o governador do Amazonas, Wilson Lima, reuniu-se com representantes das mais de 400 empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM), nesta quinta-feira (06) para debater a prorrogação da lei que regulamenta a Política Estadual de Incentivos Fiscais.

    "

    Iniciei, hoje, as discussões para prorrogar e simplificar os incentivos fiscais estaduais concedidos às empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus. Estive reunido com a Eletros, Abraciclo, Fieam e Cieam, que representam as mais de 400 empresas instaladas em Manaus e que juntas geram cerca de 98 mil empregos diretos. Estamos trabalhando para dar ainda mais segurança jurídica para quem já está aqui e atrair novos investimentos, disse o governador. "

    Wilson Lima, Governador do Amazonas

     

    O objetivo do governador é dar segurança jurídica às empresas e atrair novos investimentos para o PIM, além de simplificar alguns trechos da norma atual que tem validade até 2023.

     

    | Foto:

    A legislação deve ser prorrogada por mais dez anos e a estimativa é não fazer uma mudança muito significativa, porém, serão implementados pequenos ajustes para atrair novos investimentos e gerar empregos. Quando a proposta estiver pronta, será encaminhada à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

    De acordo com o secretário de Fazenda, Alex Del Giglio, a carga tributária não deve aumentar. 

    "

    Iniciei, hoje, as discussões para prorrogar e simplificar os incentivos fiscais estaduais concedidos às empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus. Estive reunido com a Eletros, Abraciclo, Fieam e Cieam, que representam as mais de 400 empresas instaladas em Manaus e que juntas geram cerca de 98 mil empregos diretos. Estamos trabalhando para dar ainda mais segurança jurídica para quem já está aqui e atrair novos investimentos, disse o governador. "

    Wilson Lima, Governador do Amazonas

     

    Leia mais: emtempo.com.br/ultimas