Fonte: OpenWeather

    Investimento


    AM se prepara para maior feira de investimentos da América Latina

    Evento acontece em 31 de maio e 1 de junho e será vitrine para atrair investimentos estrangeiros ao estado.

     

    Nesta terça-feira (11/05), o governador Wilson Lima gravou uma apresentação sobre os atrativos do Amazonas.
    Nesta terça-feira (11/05), o governador Wilson Lima gravou uma apresentação sobre os atrativos do Amazonas. | Foto: Divulgação

    Amazonas - O Governo do Amazonas se prepara para participar do Brazil Investment Forum 2021 (BIF) e atrair novos investimentos estrangeiros para o estado. O BIF é um evento internacional, o maior da América Latina, organizado pela Apex-Brasil, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Governo Federal e será realizado de forma virtual, por conta da pandemia de Covid-19, nos dias 31 de maio e 1 de junho deste ano. Nesta terça-feira (11/05), o governador Wilson Lima gravou uma apresentação sobre os atrativos do Amazonas.

    Esse vídeo será exibido no decorrer do Brazil Investment Forum. O estado do Amazonas terá um stand próprio para apresentar os projetos de investimentos desenvolvidos e dialogar com investidores potenciais. Wilson Lima apresenta o Amazonas como o maior estado do Brasil, com localização estratégica: faz fronteira com três países da América Latina e cinco estados do Brasil.

      “Possuímos a maior floresta tropical do mundo com 98% de seu território preservado. Nosso desafio é conciliar todos esses recursos, todo esse potencial, com o desenvolvimento econômico e que isso possa beneficiar nossa população”, destaca o governador.  

    Wilson Lima ressalta, também, que o Estado possui um modelo socioeconômico bem sucedido: a Zona Franca de Manaus. E que o Polo Industrial é um dos mais modernos centros industriais e tecnológicos da América Latina. São cerca de 500 indústrias dos mais diversos segmentos: eletroeletrônico, duas rodas, químico, informática, relojoeiro, mecânico, metalúrgico, entre outros. São quase 100 mil empregos diretos e 400 mil indiretos.

     “Estamos fazendo um trabalho para prorrogar os incentivos fiscais estaduais para dar segurança jurídica e atrair mais empresas”, ressalta o governador. Neste mês, Wilson Lima iniciou os debates, junto aos representantes da indústria, para a prorrogação da lei que regulamenta a Política Estadual de Incentivos Fiscais e Extrafiscais - Lei 2.826, de setembro de 2003 que tem validade até 2023.

    Projeto Amacro

    Além de contemplar os dados gerais do potencial econômico do Estado, Wilson Lima afirma que o projeto de criação de uma zona de desenvolvimento sustentável dos estados do Amazonas, Acre e Rondônia, o Amacro, é um dos destaques do portfólio de projetos de atração de investimentos do Amazonas.

    Com apoio do Governo Federal, o Amacro abrange 32 municípios, um total de 465,8 mil km² e população estimada em aproximadamente 1,7 milhão de pessoas.  

    Na feira, será destacado ainda o projeto Humaitá Zagaia, que está em implantação e tem por objetivo a formação de um grande complexo agroindustrial incentivando a produção de grãos como insumo para a fabricação de ração, fomento à piscicultura, avicultura, suinocultura, e atração de frigoríficos.

     Além da infraestrutura necessária com silos de armazenagem, geração de energia solar fotovoltaica, capacitação e qualificação de pessoas, o Zagaia prevê o investimento privado da ordem de R$460 milhões, com geração de 12.000 empregos diretos e indiretos.

    Com informações da assessoria*

    Leia mais:

    Em Manaus, número de famílias endividadas têm queda de 2,7%

    Palestras gratuitas sobre tecnologia e inovação ocorrem em Manaus

    Dólar fecha estável após sequência de quedas