Fonte: OpenWeather

    Ações


    Dólar fecha a R$ 5,31, com entrada de recursos de exportações

    O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,313, com queda de R$ 0,024 (-0,45%)

     

    No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3, fechou aos 123.989 pontos, com alta de 0,81%
    No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3, fechou aos 123.989 pontos, com alta de 0,81% | Foto: Arquivo/Agência Brasil

    Brasília - Beneficiado pela entrada de recursos de exportações, o dólar caiu nesta quarta-feira (26), mas manteve-se acima de R$ 5,30. Impulsionada pelo setor aéreo, a bolsa de valores recuperou-se da queda de ontem (25) e aproximou-se dos 124 mil pontos.


    O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,313, com queda de R$ 0,024 (-0,45%). A cotação chegou a subir para R$ 5,34 na máxima do dia, por volta das 10h30, mas recuou no início da tarde, chegando a R$ 5,28 por volta das 12h30. Durante a tarde, a divisa diminuiu o ritmo de queda, mas manteve a baixa.  

    No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3, fechou aos 123.989 pontos, com alta de 0,81%. O indicador operou em alta durante toda a sessão, mas ampliou a alta durante a tarde com o desempenho de empresas aéreas.

    O real teve um dos melhores desempenhos do dia, entre as principais moedas de países emergentes. Após um dia de pessimismo no mercado internacional, as bolsas norte-americanas fecharam em pequena alta.

    Os investidores aguardam os dados de inflação dos Estados Unidos para avaliarem as chances de o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) começar a retirar os estímulos concedidos por causa da pandemia de covid-19, antes do inicialmente previsto.

    Veja mais:

    Dólar tem pequena alta e sobe para R$ 5,33 com piora externa

    Bolsa tem forte alta e fecha no segundo melhor nível do ano

    Influenciado por exterior, dólar fecha no maior valor em duas semanas