Fonte: OpenWeather

    Comércio


    Confiança do empresário cresce 12,2% em junho

    Na comparação com junho do ano passado, a confiança do empresário avançou 47,6%

     

    Essa foi a primeira alta do ano e veio depois de cinco quedas consecutivas
    Essa foi a primeira alta do ano e veio depois de cinco quedas consecutivas | Foto: Arquivo/Em Tempo

    Brasil - Mesmo na crise pandêmica, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) cresceu 12,2% em junho na comparação com maio. Essa foi a primeira alta do ano e veio depois de cinco quedas consecutivas.

    As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (17), no Rio de Janeiro, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

    Na comparação com junho do ano passado, a confiança do empresário avançou 47,6%.

    De maio para junho, o principal aumento foi observado no item condições atuais, que cresceu 19,3%, puxado pela satisfação maior com a situação atual da economia (29,3%). A expectativa em relação ao futuro apresentou alta de 11,6%. Já a intenção de investimentos subiu 8%.

    Na comparação com junho de 2020, foram apuradas altas de 71,8% na avaliação sobre as condições atuais (com aumento de 137% na confiança em relação à economia), de 53,9% nas expectativas e de 26,5% nas intenções de investimento.


    Leia mais:

    Confiança do comércio sobe 9,8 pontos, diz pesquisa

    Confiança do consumidor brasileiro sobe 3,7 pontos

    Intenção de consumo das famílias recua em maio