Fonte: OpenWeather

    Setor primário


    Agro Amazonas e o Garantia Safra são assuntos da 2ª reunião do Cedrs

    A Expoagro 2021 também foi assunto apresentado, porém, depende dos decretos em vigência para acontecer

    O Amazonas é o primeiro estado da região amazônica a pleitear o benefício e o primeiro no Brasil
    O Amazonas é o primeiro estado da região amazônica a pleitear o benefício e o primeiro no Brasil | Foto: Calvin Paixão/Sepror

    Manaus -  Com a intenção de discutir programas de apoio aos produtores, como o Agro Amazonas e o Garantia Safra, membros do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável (Cedrs) se reuniram na última terça-feira (22), no auditório da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror). 

      O titular da pasta e presidente do Conselho, Petrucio Magalhães Júnior, falou da importância dos programas atenderem o mais rápido possível aos anseios dos produtores, ainda mais, aproveitando a circunstância do verão amazônico que está iniciando.  

    “Vivemos dias desafiadores, pandemia, enchentes, entre outras adversidades que dificultam a vida no campo. Os produtores querem saber de quê hoje? Do ramal para ele poder escoar a produção, do tanque da piscicultura, do pró-calcário e mecanização para poder plantar. Temos de aproveitar o verão para poder dar celeridade a esses programas e atender ao que os produtores pedem e necessitam”, disse Petrucio.

      O programa Agro Amazonas é um conjunto de projetos e iniciativas que buscam contribuir para o crescimento e desenvolvimento do agronegócio no estado. Programas como o Pró-Calcário, Pró-Mecanização e Pró-Piscicultura são alguns exemplos, que aliados ao crédito rural podem alavancar a produção.  

    Outro assunto que foi destaque durante o encontro foi o Garantia Safra, programa do Governo Federal, coordenado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que paga o benefício para agricultores familiares que perdem a safra por déficit ou excesso hídrico. O Amazonas é o primeiro estado da região amazônica a pleitear o benefício e o primeiro no Brasil a pleitear por excesso hídrico. O programa inicialmente irá pagar o benefício para as culturas de feijão, milho, arroz, algodão e mandioca, com possibilidade de inclusão de outras culturas devido à produção agro na Amazônia.

    A Expoagro 2021 também foi assunto apresentado e que está dependendo dos decretos em vigência, mas que está previsto para acontecer no mês de novembro.

    *Com informações da assessoria


    Leia mais:

    Governos apresentam “Programa Garantia Safra” para entidades do AM

    Produtores rurais do AM recebem veículos, equipamentos e fomento

    Setor rural deixará de receber R$ 1,3 milhão