Fonte: OpenWeather

    Direitos do Consumidor


    Prefeitura e Procon-AM assinam convênio para fortalecer a fiscalização

    Abastecimento de água, o esgotamento sanitário, a iluminação pública, o estacionamento rotativo pago Zona Azul, entre outros, estarão na mira da fiscalização.

     

    O termo foi assinado pelo diretor-presidente da Ageman, Fábio Augusto Alho da Costa, e pelo diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe Campos
    O termo foi assinado pelo diretor-presidente da Ageman, Fábio Augusto Alho da Costa, e pelo diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe Campos | Foto: Jalil Fraxe

    Manaus (AM) -A fiscalização do Procon-AM em relação aos serviços públicos submetidos à regulação  da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) como o abastecimento de água, o esgotamento sanitário, a iluminação pública, o estacionamento rotativo pago Zona Azul, entre outros, estarão mas efetivas a partir de cooperação técnica assinada entre os órgãos.

    A iniciativa tem a finalidade de fortalecer a fiscalização dos serviços públicos essenciais, assegurando uma maior garantia aos direitos dos usuários.

    O termo referente à parceria entre as duas instituições foi assinado pelo diretor-presidente da Ageman, Fábio Augusto Alho da Costa, e pelo diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe Campos, na sede do Procon-AM, no bairro Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus.

    "

    Com esse convênio, ganha principalmente o usuário, pois iremos ampliar a nossa comunicação entre as duas instituições, de modo a conferir uma maior agilidade e efetividade às ações de poder regulatório, normalizador, controlador e fiscalizador dos serviços públicos delegados prestados no âmbito do município de Manaus "

    Fábio Alho, diretor-presidente da Ageman

     

    Para o diretor-presidente Jalil Fraxe, o conhecimento técnico da Ageman contribuirá significativamente para a elaboração dos pareceres do instituto na busca pela solução dos conflitos dos consumidores, assegurando, acima de tudo, a proteção do usuário em suas relações de consumo.

    "

    Vamos trabalhar de forma cooperativa, o que efetivamente contribuirá para a solução das demandas com mais agilidade, tanto por parte da Ageman, como também na esfera do Procon-AM. Será um combustível a mais para a melhoria da prestação dos serviços públicos "

    Jalil Fraxe, diretor-presidente

     

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Leia mais:

    Procon-AM apreende mais de 100 kg de produtos vencidos em Manaus

    Procon-AM apreende 50 Kg de produtos inadequados em supermercado

    Lei de vendas de combustíveis em galões e garrafas é descumprida no AM