Fonte: OpenWeather

    Oportunidade


    Curso para empreendedores ensina como manusear maquinetas de cartão

    Aulas on-line visam oferecer consultoria gratuita para empreendedores. Inscrições podem ser feitas nesta sexta-feira (25)

     

    As atividades são voltadas a jovens a partir dos 16 anos em busca do primeiro emprego, universitários e empreendedores
    As atividades são voltadas a jovens a partir dos 16 anos em busca do primeiro emprego, universitários e empreendedores | Foto: Divulgação

    Manaus - Na intenção de auxiliar empreendedores na pandemia, a Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) oferta, nesta sexta-feira (25), 50 vagas para mais uma consultoria on-line e gratuita do projeto “Conexão de Aprendizagem: Visando Oportunidades”, cujo tema desta vez é “Uso, formalidades e vantagens das maquinetas de cartões para seu negócio”.

    Os interessados devem acessar o link disponível e realizar a inscrição nesta sexta-feira, de 9h às 13h.

      A consultoria será ministrada pelo representante de uma empresa na próxima segunda-feira, (28), às 15h, pela plataforma Google Meet. É de inteira responsabilidade do candidato ter um celular, notebook ou tablete com sinal de internet, para acessar a programação. Ao final da consultoria, será liberado um link para solicitação de certificado.  

    Projeto

    O projeto “Conexão de Aprendizagem: Visando Oportunidades”, executado na gestão do prefeito David Almeida, tem o objetivo de abordar temas atuais, relacionados a assuntos que estão em pauta, nas respectivas áreas de conhecimento no mercado de trabalho e empreendedorismo.

    As atividades são voltadas a jovens a partir dos 16 anos em busca do primeiro emprego, universitários, candidatos cadastrados no Sine Manaus, profissionais e empreendedores em busca de capacitação.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Manaus vai ofertar 320 vagas gratuitas em cursos profissionalizantes

    Microempresas individuais puxam a criação de empresas em março

    No AM, pequenos negócios esperam crescer 50% no Dia dos Namorados