Fonte: OpenWeather

    Data comemorativa


    Comércio em Manaus espera crescimento de 5% para o Dia dos Pais

    Comércio manauara tem a expectativa de crescimento de 5% nas vendas deste ano e aguarda um movimento maior em relação ao ano passado

     

    Compra de vestuário representa 32% da intensão dos manauaras como presente
    Compra de vestuário representa 32% da intensão dos manauaras como presente | Foto: Arquivo EM TEMPO

    Manaus (AM) - Após um ano difícil para o comércio, onde as vendas em datas comemorativas sofreram diretamente com a pandemia, o Dia dos Pais de 2021, celebrado no dia 8 de agosto, deve ser diferente, em Manaus. O comércio local tem a expectativa de crescimento de 5% nas vendas deste ano e aguarda um movimento maior em relação ao baixo patamar de 2020. É o que prevê o levantamento foi feito pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas (Ifpeam).

    Dados coletados no período de 20 a 29 de julho, com 293 consumidores, tem objetivo de identificar a intenção de compra por segmento, escolha do local para as compras, intenção de gastos, modalidade pagamento, entre outros, dos manauaras.

    Conforme a pesquisa, 73% dos entrevistados responderam que pretendem comprar apenas no período do dia dos pais e não em outras épocas do ano, 14% não irão comprar e 9% estão indecisos.

    As informações obtidas são particularmente importantes para as empresas do comércio varejista, pois servem como balizador para tomada de decisões de investimentos e planejamento de compras.

    Intenção de compra por segmento

    Os consumidores continuam com suas intenções de compra para os bens de consumo de natureza pessoal. Com destaque para a compra de vestuário (32%), perfumaria (20%), calçados (18%), smartphone (9%), relojoaria (9%), artigos eletrônicos (6%), artigos esportivos (5%), informática (2%).

    Local de Compra

    Quanto ao local onde os consumidores costumam realizar suas compras, constatou-se que a preferência da maioria dos entrevistados são os shopping centers (50%), seguido do centro da cidade (37%) e do Comércio local (13%).

    Pretensão de gastos

    Questionados em relação a quanto os consumidores pretendem gastar com o presente do Dia dos Pais, foi constatado que 82% esperam gastar entre R$ 50 e R$ 300,00, seguido de 8,2%, que esperam gastar mais de R$ 801,00.

    Critérios na hora da compra

    A maioria dos entrevistados leva em consideração na hora da compra, o preço (38%), promoções (17%), segurança (15%), variedade de produtos (12%), variedade de lojas (5%), localização (5%), climatização (3%) e estacionamento (3%).

    Modalidade de pagamento

    A pesquisa também revelou as formas de pagamentos mais utilizadas pelos consumidores, dinheiro e débito automático são as principais formas utilizadas (56%), seguido do cartão de crédito (41%) e transferências instantâneas como o pix (3%).

    Cenário Nacional

    Quase metade dos consumidores, 48,4%, disseram que não pretendem presentear no Dia dos Pais. Apenas 32,2% responderam que tem a intenção de presentear e 19,4% ainda não se decidiram. O resultado é da pesquisa nacional de intenção de compras encomendada pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), na qual foram entrevistadas 1.670 pessoas em todas as regiões do país.

    Apesar da queda na intenção de compra de roupas e calçados, esses foram os itens que tiveram destaque como opção de compra entre os consumidores. Nos anos anteriores, mais de 60% dos entrevistados responderam que presenteariam seus pais com alguma peça de vestuário. Já neste ano, essa parcela ficou em 42,1%.

    Entre os entrevistados que pretendem presentear com celular, 74,5% disseram que vão comprar parcelado. Aqueles que vão presentear com computador, notebook ou tablet (8,8%), 83,9% pretendem parcelar. Entre os que escolheram uma viagem (8,5%), 77,1% também vão parcelar.

    Apesar de a celebração do Dia dos Pais não ter a mesma movimentação no comércio do que em outras datas, o economista-chefe da ACSP, Marcel Solimeo, avalia que “mesmo assim, as perspectivas de vendas são favoráveis porque estão sendo impulsionadas pela recuperação da confiança do consumidor em julho e pela flexibilização dos horários de atendimento”.

    Leia mais 

    Shopping São José presenteia clientes na semana do Dia dos Pais