Fonte: OpenWeather

    Loja Maçônica Esperança e Porvir


    Voluntários da maçonaria promovem 'Sopão da Esperança' em Manaus

    O projeto acontece todas às quintas-feiras e ajuda pessoas em vulnerabilidade social

     

    A ação ajuda cerca de 200 pessoas em situação de vulnerabilidade social
    A ação ajuda cerca de 200 pessoas em situação de vulnerabilidade social | Foto: Brayan Riker

    MANAUS (AM) - Fazer o bem e promover uma alimentação de qualidade para pessoas em situação de vulnerabilidade. Este é um dos objetivos do “Sopão da Esperança”, nome da campanha solidária que distribui sopa para as pessoas carentes da região do Centro de Manaus, todas as quintas-feiras, a partir das 17h30, organizada pela Loja Maçônica Esperança e Porvir.

    A ação que beneficia cerca de 200 pessoas e cria uma rede para auxiliar pessoas carentes da região, foi criada em janeiro de 2019 e conta com uma força tarefa de integrantes e até mesmo de pessoas que não fazem parte da maçonaria, mas que ficam felizes em promover a caridade.

     

    A ação atende moradores de rua e venezuelanos
    A ação atende moradores de rua e venezuelanos | Foto: Brayan Riker

    O coordenador do "Sopão da Esperança" e membro Loja Maçônica, Neto Prado, revela que no início, o projeto foi criado pelos ex-Veneráveis Eduardo dos Anjos Leite e Erick A. Lira  com atendimento a 50 pessoas. Depois aumentou para 100 e agora, com mais doações e uma equipe maior, já conta com 200 beneficiados. 

    Atualmente a Loja Maçônica é presidida pelo Venerável Mestre Bruno Gimack Salgado. Em sua primeira edição, na atual gestão, a maioria das pessoas atendidas era formada por moradores de rua.  Recentemente os imigrantes venezuelanos que moram em Manaus passaram a ser os mais beneficiados.

     

    Ação social em Manaus
    Ação social em Manaus | Foto: Brayan Riker

    "O projeto começou com moradores de rua. Hoje, na sua totalidade, a maioria é composta por venezuelanos.Vamos encontrar aqui moradores de rua, mas há mais venezuelanos que moram nesse entorno", revelou o coordenador. 

    A ação, além de distribuir uma alimentação de qualidade para as pessoas em vulnerabilidade social, também faz entrega de guloseimas para as crianças que acompanham os pais na fila do "Sopão da Esperança". Os pequenos recebem um pacote de bolacha, refrigerante e um picolé. O momento da entrega é a alegria da criançada. 

     

    Além de sopa, outros alimentos são distribuídos
    Além de sopa, outros alimentos são distribuídos | Foto: Brayan Riker

    Apesar do nome ser “Sopão da Esperança” - o projeto que é apoiado e organizado também pelo Sereníssimo Grão-Mestre Marcelo Barbosa Peixoto, Eminente Grão-Mestre Tufi Salim Jorge Filho, Grupo de Esperança Porvir e Venerável Mestre Bruno Gimack Salgado - não serve apenas sopa. Em algumas quintas-feiras, são servidas também outras opções, como macarrão com salsicha, frango guisado, dentre outras iguarias preparadas pela colaboradora Vânia Torres.

    "Basicamente o que vemos aqui é a qualidade.  Se esse frango está no nosso jantar em casa, é o mesmo frango que vamos servir, não há diferença".

    Promovendo caridade 

     

    Uma das marcas da maçonaria é atuar com a caridade
    Uma das marcas da maçonaria é atuar com a caridade | Foto: Brayan Riker

    O coordenador do projeto, Neto Prado, salienta que uma das marcas da maçonaria é trabalhar a caridade, sempre promovendo ajuda e colaborando com a sociedade. Para ele, o projeto é uma ação fraternal para ajudar quem precisa.

    "A Maçonaria sempre ajudou a sociedade, isso faz parte do nosso perfil. Nós trabalhamos com caridade, com filantropia. Se formos puxar  pelo tempo, é possível verificar que atuamos em momentos importantes da história humana, como na abolição da escravidão, por exemplo", destaca.

    Além da ação do "Sopão da Esperança", o coordenador relata que existem diversas outras ações que são promovidas, não só pela Loja Maçônica em que atua, mas também por outras lojas maçônicas do Amazonas. Entre elas está a entrega de alimentos na porta de hospitais, para famílias que estão nas unidades de saúde acompanhando familiares. Há também ações para comunidades ribeirinhas, pessoas da periferia e necessitados em geral.

     

    Em 2022, a Primeira Loja Maçônica do Estado do Amazonas completará 150 anos
    Em 2022, a Primeira Loja Maçônica do Estado do Amazonas completará 150 anos | Foto: Brayan Riker

    A Loja Maçônica Esperança e Porvir possui 77 membros atualmente e completará 149 anos no dia 6 de outubro, sendo a primeira loja a se estabelecer no Amazonas. Em comemoração à data, heverá uma ação para as crianças, a ser promovida para os pequenos da região, com muitas guloseimas e entretenimento. 

    Leia mais: 

    Maçonaria do Amazonas elege novo Grão Mestre Estadual e Grão Mestre

    Grande Loja Maçônica do AM reúne doações para internados e hospitais

    Voluntários realizam distribuição de sopa em Manaus

    Comentários