Fonte: OpenWeather

    ALTA NOS PREÇOS


    Itens da merenda escolar tem alta de preços acentuada

    A aveia foi o item que teve a maior alta, que foi de 96,52%, seguido do óleo de soja com alta de 87,49%.

     

    Todos os 38 itens avaliados pela AAM, apresentam aumento de preço comparado ao ano anterior.
    Todos os 38 itens avaliados pela AAM, apresentam aumento de preço comparado ao ano anterior. | Foto: divulgação

    Manaus (AM) - Uma comparação de preços , dos itens mais comprados da merenda escolar, foi realizada pela Associação Amazonense de Municípios AAM (AAM), em algumas localidades do Amazonas. A instituição usou o diário eletrônico dos municípios do estado para realização do estudo técnico, através das atas de registros de preços de 2020 e deste ano.

    A aveia foi o item que teve a maior alta, que foi de 96,52%, seguido do óleo de soja com alta de 87,49%. Todos os 38 itens avaliados pela AAM, apresentam aumento de preço comparado ao ano anterior. Sendo a menor variação registrada no preço da cenoura, que foi de 1,30%.

    Para o presidente da Associação Amazonense de Municípios e prefeito de Manaquiri, Jair Souto, o estudo foi  essencial  para que a sociedade entenda  o desafio das gestões municipais. Esses resultados indicam o desafio de se gerir recursos no Amazonas, especialmente no interior do estado, quando se busca oferecer o máximo possível de serviços públicos em benefício da população”, destacou Jair Souto.


    Leia mais:

    Zé Ricardo propõe debate para aumento de recursos à merenda escolar

    Governo do Amazonas investe R$ 38 milhões na agricultura familiar

    Escolas do AM são abastecidas com merendas para retorno das aulas