Fonte: OpenWeather

    Nome sujo


    Campanha ajuda a 'limpar nome' e diminuir a inadimplência no AM; veja

    Amazonas tem 405 mil inadimplentes em todo o estado, conforme dados da CDL Manaus

     

    A campanha vai acontecer em Manaus e no interior do estado
    A campanha vai acontecer em Manaus e no interior do estado | Foto: Divulgação

    MANAUS (AM) - Com o objetivo de limpar o nome dos inadimplentes do Amazonas, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL) lançou a campanha ‘Limpe o seu crédito e faça seu nome brilhar’.

    A iniciativa vai começar no dia 3 de novembro e oferece negociação de dívidas com descontos especiais em 1.500 lojas associadas na capital. A grande novidade deste ano é que, além de acontecer em Manaus, a campanha vai acontecer, simultaneamente, no interior do estado.

    Os dados da CDL mostraram que, de 1° a 5 de novembro de 2021, o Amazonas tem 405 mil inadimplentes em todo o estado. O objetivo é que, com a campanha, o valor caia para 347 mil, chegando a 58 mil pessoas fora da inadimplência.

    Entre as lojas associadas e que podem fazer a diferença na vida da população amazonense estão as concessionárias Amazonas Energia - que vai participar da campanha pelo segundo ano consecutivo, disponibilizando condições diferenciadas para quitação de débitos - e a concessionária Águas de Manaus, que decidiu aderir à campanha neste ano.

    Campanha no interior

    O presidente da Federação das Câmara de Dirigentes Lojistas do Amazonas, Ezra Benzion, destacou que foi uma surpresa a adesão do interior, pois quase 100% das lojas aderiram à campanha.

    Ele ainda destaca que, como os municípios são cidades pequenas, a campanha pode ajudar as pessoas que dependem de um crédito, a quitarem as suas dívidas mais rápido.

    “O interior foi o que mais aderiu, ou seja, praticamente 100% das lojas do interior aderiram à campanha, estamos muito contentes em saber que eles têm o interesse muito grande em fazer com que as pessoas voltem a ser adimplentes. Os interiores são cidades pequenas e as pessoas dependem e precisam muito de crédito”, comentou o presidente da FCDL-AM, Ezra Benzion.

    Como participar?

    De acordo com o presidente da CDL Manaus, Ralph Assayag, as condições para negociações das dívidas são decididas pelos lojistas. A Câmara orienta que as lojas retirem as multas e os juros, para que os devedores consigam entrar nas condições.

    “Nós pedimos para eles que tirem as multas e os juros e façam negociações que caibam no bolso daquele cliente, mas são eles que definem as condições diferenciadas que vão oferecer para seus clientes”, disse Ralph.

    Agora se o inadimplente for até uma loja que não esteja associada na campanha, a própria CDL liga para o estabelecimento e tenta convencer a aceitar as condições de débito pelo menos para aquele cliente.

    “Caso a empresa que o consumidor possui débitos não tenha aderido, nós vamos ligar para aquela loja para que ela entre na campanha e negocie pelo menos aquela dívida daquela pessoa. Aquele cliente vai tentar negociar, tirando o juros, multa, parcelando aquilo que der no bolso, para que eles possam passar o natal sem dívidas”.

    As lojas participantes estarão sinalizadas com cartazes da campanha, os consumidores que não sabem onde estão inadimplentes podem procurar a CDL Manaus, tanto na capital quanto no interior, para consultarem seu nome.

    “Se você não sabe onde está devendo, venha até a CDL, que a gente verifica e alerta “sua dívida é tal e o valor é tanto. Vá até lá”. Se ele chegar lá e tiver dificuldades, a gente vai fazer o possível para que ele negocie e possa aderir. A adesão é gratuita e não vamos cobrar nada de ninguém”.

    Leia mais: 

    No Amazonas, vendas no varejo sobem 7,4%, em abril

    No Brasil, Amazonas apresenta maior crescimento de vendas online

    No Dia dos Namorados, vendas do comércio devem crescer 5% em Manaus