Fonte: OpenWeather

    AMAZONAS


    Custo da construção no AM sobe 0,93%, em novembro, e acumula 13,59%

    A variação do mês foi influenciada principalmente pelo aumento do custo do material de construção

     

    O custo médio da construção, que era de R$ 1.279,97, em janeiro, alcançou R$ 1.441,68 em novembro.
    O custo médio da construção, que era de R$ 1.279,97, em janeiro, alcançou R$ 1.441,68 em novembro. | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), divulgado hoje (10) pelo IBGE, subiu 0,93% em novembro, no Amazonas.

    A variação do mês foi superior a registrada em outubro (0,74%), e foi influenciada principalmente pelo aumento do custo do material de construção, que subiu 1,15%, no período.

    O acréscimo no custo médio da construção civil do Amazonas em novembro foi 0,08 p.p. inferior em relação à alta registrada em nível nacional, que somou 1,01%.

      Além disso, a alta no Amazonas ficou no mesmo patamar do índice da inflação (IPCA) registrada no mês, de 0,95% (o maior índice registrado em novembro desde 2015).  

    No acumulado dos últimos 12 meses, a alta no custo da construção foi de 14,99%; e no acumulado de janeiro a novembro de 2021, o custo médio aumentou 13,59%, no Estado.

    No ano, o índice nacional, por sua vez, acumula alta de 18,04%, e a variação dos últimos doze meses alcança 20,33%.

     

    | Foto: Divulgação

    O custo médio da construção, que era de R$ 1.279,97, em janeiro, alcançou R$ 1.441,68 em novembro.

     

    | Foto: Divulgação

    O custo médio por metro quadrado da construção civil, no Amazonas, aumentou de R$ 1.428,45, em outubro, para 1.441,68, em novembro. No Brasil, esse custo alcançou em R$ 1.506,76, em novembro.

    Com a variação mensal, o custo da construção por metro quadrado, no Amazonas, em novembro, foi de R$ 1.441,68, sendo R$ 888,53 relativos aos materiais de construção e R$ 553,15, à mão de obra.

    O custo médio por metro quadrado da componente material, no Amazonas, aumentou de R$ 878,43, em outubro, para R$ 888,53, em novembro. E o custo médio por metro quadrado da componente mão de obra, no Amazonas, passou de R$ 550,02, em outubro, para R$ 553,15, em novembro.

    O custo nacional da construção por metro quadrado, que em outubro foi de R$ 1.490,88 passou em novembro para R$ R$ 1.506,76, sendo R$ 903,22 relativos aos materiais e R$ 603,54 à mão de obra.

    A parcela dos materiais apresentou variação de 1,66%, 0,39 ponto percentual (p.p.) acima do mês anterior (1,27%). Frente ao índice de novembro de 2020 (3,15%), observa-se queda significativa, 1,49 ponto percentual.

     

    | Foto: Divulgação

    Entre outubro e novembro, o custo do material de construção subiu 1,15%, de R$ 878,43 para R$ 888,53, e foi o principal responsável pela alta do custo da construção, no mês.

    A mão de obra também apresentou alta em novembro, partindo de R$ 550,02 para 553,15, alta de 0,57%.

    Ranking da variação mês/mês anterior – custo médio

    A alta no índice da construção civil do Amazonas, de 0,93%, observada em novembro de 2021, em relação ao mês anterior, foi uma das menores (18ª) do ranking das unidades da federação.

    Os menores índices foram os de Minas Gerais (0,30%), Amapá (0,40%) e Bahia (0,67%). E os maiores, os de Roraima (4,64%), Distrito Federal (2,96%) e Espírito Santos (1,66%).

     

    | Foto: Divulgação

    Leia mais:

    Preço da cesta básica de alimentos sobe em 9 cidades

    CNI: sete em cada 10 indústrias têm dificuldades para comprar insumo

    Após três meses de queda, produção industrial cresce 1,4% em maio