Fonte: OpenWeather

    Economia


    Dívida externa cresce 6,24% em 2012 e já soma US$ 316.8 bi

    Desse montante, o Brasil terá de pagar em curto prazo US$ 37.53 bilhões – foto: Michell Mello
     
     
     
    A dívida externa do país somou US$ 316.83 bilhões no ano passado, com acréscimo de US$ 18.62 bilhões no ano, ou 6,24% a mais que os US$ 298.20 bilhões registrados em dezembro de 2011, de acordo com o relatório divulgado nesta quarta-feira (23) pelo Departamento Econômico (Depec) do Banco Central (BC).
    A dívida externa de longo prazo atingiu US$ 279.29 bilhões, enquanto a dívida de curto prazo aumentou para US$ 37.53 bilhões, segundo o chefe do Depec, Túlio Maciel.
    Ele disse que os principais fatores de variação da dívida foram as captações de empréstimos tomados pelo governo e pelo setor bancário, a colocação de títulos pelo setor não financeiro e as amortizações de títulos pelo Sistema Financeiro Nacional (SFN).
    Por outro lado as reservas internacionais cresceram, porém, um pouco mais, alcançando expansão de 7,55% no mesmo período, pulando de US$ 352.01 bilhões em 2011 para US$ 378.61 bilhões no ano passado.