Fonte: OpenWeather

    Saúde Masculina


    Tudo o que você sempre quis saber sobre ejaculação. Tire suas dúvidas!

    O urologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia, Dr. Eugênio Rocha Jr, esclarece abaixo os principais mitos e verdades sobre a ejaculação

    Homens com ejaculação precoce se sentem envergonhados | Foto: Divulgação

    Manaus - Por que os homens ejaculam e quais os efeitos desse processo no corpo? Com a ajuda de especialistas, o EM TEMPO respondeu a essas e outras questões sobre o tema. O urologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia, Dr. Eugênio Rocha Jr, esclarece abaixo os principais mitos e verdades sobre a ejaculação. Confira!

    Por que o homem ejacula?

    O orgasmo e a ejaculação constituem a fase final do ciclo da resposta sexual. A ejaculação é um reflexo complexo que envolve neurônios periféricos e do sistema nervoso central.

    A capacidade de ejetar o sêmen com esperma no interior da vagina é fundamental para a procriação do ser humano e perpetuação da espécie.

    O homem só ejacula se chegar ao orgasmo? Por que alguns homens não ejaculam?

    Quando falamos em distúrbios sexuais, sejam eles a impotência, ausência de orgasmo, ejaculação retardada ou precoce e até mesmo a falta de ejaculação temos que ter em mente que existem fatores biológicos, psicológicos, comportamentais, culturais e até mesmo religiosos envolvidos.

    Qualquer alteração médica ou psicológica que afete o centro nervoso da ejaculação, a inervação do pênis, da bexiga ou do assoalho pélvico pode levar à ausência de orgasmo, ausência de ejaculação ou ejaculação retardada.

    O que é a ejaculação precoce?

    Ejaculação rápida ou precoce é o distúrbio mais comum da ejaculação. Consiste numa ejaculação persistente ou recorrente com estimulação sexual mínima que acontece antes ou logo depois da penetração e antes que a pessoa deseje.

    Qual o problema da ejaculação precoce?

    Homens com ejaculação precoce se sentem envergonhados, estigmatizados e têm dificuldades até mesmo para buscar ajuda profissional. A ejaculação precoce é associada com a baixa autoestima, ansiedade, sentimento de vergonha e inferioridade. Muitos não sabem que há tratamento médico disponível e eficaz.

    Como resolver o problema?

    O tratamento pode ser feito com terapia psicológica, comportamental e com remédios. O papel do urologista é identificar e tratar os problemas médicos relacionados às disfunções sexuais.