Desejo sexual


Sem tesão? Falta de desejo sexual pode gerar crise conjugal

Casamento sem sexo: quanto tempo pode durar a relação?

Um artigo publicado na revista BMJ revelou que as mulheres estão mais propensas a deixar de sentir desejo com o parceiro | Foto: Reprodução

Manaus - Além do amor, paixão, admiração e tantos outros sentimentos, um fator que une um casal é a atração sexual. Porém, algo que vem se tornado muito comum é a falta de desejo pelo (a) parceiro (a), principalmente após o casamento.

Um artigo publicado na revista BMJ, que faz um estudo sobre quais fatores estão associados à falta de desejo e como variam de acordo com o gênero, revelou que as mulheres estão mais propensas a deixar de sentir desejo com o parceiro. Enquanto os homens representam um percentual de 15%, nas mulheres esse número é de 34%.

A idade também é algo a ser levado em consideração, nos jovens entre 16 a 24 anos, o índice chega a 11,5% para os homens e 24,8% para as mulheres. Nelas, dois fatores que causam essa reação são a emoção e os hormônios, como quando a mulher está com nível de estresse muito alto, por exemplo. É o que explica a psicóloga e educadora sexual Tatiana Presser, “em um relacionamento, depois de cinco anos, a frequência e, com certeza, a qualidade [do sexo] vai cair em mais de 50%. Para o cérebro, fica previsível, então há uma descarga hormonal menor”.

O tema ainda é considerado tabu por muitos casais
O tema ainda é considerado tabu por muitos casais | Foto: Reprodução

Nos homens a falta de desejo possui diversas razões como a obesidade, excesso de bebida alcoólica e depressão. Muitos reclamam também de que quando o relacionamento entra em um ritmo monótono e ambos passam a priorizar mais o trabalho, o tempo para dar atenção a gostos sexuais do outro diminui, gerando frustração em ambos.

Há também dois fatores físicos, comuns nas mulheres, que influenciam no problema: vaginismo e a dispareunia. No vaginismo, os músculos da vagina se contraem durante a penetração e a mulher sente dor quando deveria sentir prazer. Já em casos de dispareunia, a mulher sente dor ou desconforto durante a relação sexual, causada pela falta de desejo sexual ou alguma infecção vaginal

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice de divórcios tem aumentado, sendo um casamento em cada três terminando em divórcio. Os motivos são diversos, mas o Journal of Sexual Medicine, da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, apontou que 25% dos divórcios acontecem pela falta de atração entre um casal.

Muitos acabam buscando outra solução para satisfazer seus desejos sexuais: a traição. Para o psicólogo e especialista em educação sexual, Sebastião Nascimento. “O homem às vezes disfarça no sentido de que não tem desejo para justificar uma traição. Hoje mudou, o sexo está muito fácil, eu costumo dizer ‘o que eu preciso é uma coisa, o que  quero é outra’, no sentido do sexo, o que quero eu vou buscar de graça, compro. O que preciso é uma pessoa que tem vários fatores importantes na minha vida e o sexo está adormecido. Se eu conseguir ter uma interação melhor e uma reintegração, eu vou ter também o que eu quero na mesma pessoa”. 

Os homens geralmente usam o assunto como desculpa para traição
Os homens geralmente usam o assunto como desculpa para traição | Foto: Reprodução

Estudos revelam que o diálogo é uma forma de resolver esse impasse entre o casal, além de ser capaz de auxiliar na busca pelo prazer em ambos. Tatiana explica que o diálogo sobre o assunto ainda é algo censurado por muitas pessoas. “Infelizmente é um tabu falar sobre sexo na sociedade e também entre o casal. Muitas vezes os casais falam ‘Nossa, mas a gente tem muita intimidade’, mas intimidade sexual? Vocês conversam sobre sexo? Mas em geral isso não é falado. Não há conversas sobre sexo, sobre dificuldades sexuais, sobre otimização de relacionamento sexual. Então sem poder abrir esse canal de comunicação, fica bastante difícil”, conta.

Também é uma solução buscar formas de reacender a paixão, aquela do início do relacionamento, fazer mais programas juntos, utilizar brinquedos sexuais e até fantasias.

Leia mais

Sexo: saiba como ter orgasmos múltiplos

Pompoarismo: exercícios pélvicos que melhoram a saúde feminina

Por que é tão difícil fazer sexo depois da chegada da maternidade?