Fonte: OpenWeather

    Beijo


    Dia do Beijo: confira lugares, além da boca, para beijar e explorar

    Descubra os locais mais prazerosos para beijar e os benefícios deste ato para a saúde

    Confira a lista das dez zonas do corpo que podem ser estimuladas quando beijadas | Foto: Reprodução

    MANAUS - Há quem diga que beijo na boca é coisa do passado, mas o fato é que o beijo sempre terá seu lugar (pelo menos é o que o ENTRE ELAS acredita). Prova disso é que, todo ano, no dia 13 de abril é comemorado o Dia do Beijo. Por isso, o EM TEMPO listou os locais mais prazerosos para beijar e os benefícios deste ato para a saúde.  Veja!

    Confira a lista das dez zonas do corpo que podem ser estimuladas quando beijadas:

    1. Atrás do joelho

    Uma zona erógena pouco explorada é na parte de trás dos joelhos. Como a pele é mais fina nesta região, beijos e carícias leves no local costumam ser bons estímulos sexuais.

    2. Nuca

     

    Cobrir a nuca de beijos, chegando até a orelha, costuma provocar arrepios
    Cobrir a nuca de beijos, chegando até a orelha, costuma provocar arrepios | Foto: Reprodução

    Cobrir a nuca de beijos, chegando até a orelha, costuma provocar arrepios. Mordidas leves também podem estimular o parceiro ou parceira.

    3. Costas

    Depois da nuca, também é estimulante trilhar as costas do par com beijos e mordiscadas, passando pelos ombros e até fazendo um "caminho" de beijos, percorrendo a coluna da pessoa.

    4. Pés

     

    Tesão por pés, ou podolatria, é um fetiche extremamente popular.
    Tesão por pés, ou podolatria, é um fetiche extremamente popular. | Foto: Reprodução

    Tesão por pés, ou podolatria, é um fetiche extremamente popular. Mas não é preciso ser podólatra para curtir ganhar beijinhos nos pés ou beijá-los. O pé possui muitas terminações nervosas, o que torna esta parte do corpo muito sensível a estímulos.

    5. Coxas

    As coxas, especialmente na parte interna, também são áreas delicadas e que "respondem" facilmente ao contato. Traçar beijos nesta região muitas vezes é garantia de arrepios.

    6. Ânus

    O beijo grego ainda é tido como polêmico, mas o ânus, por ser uma zona erógena extremamente sensível, pode proporcionar muito prazer, a ponto de levar a pessoa ao orgasmo quando ela é beijada lá.

    7. Períneo

    A pequena área entre o órgão genital (masculino ou feminino) e o ânus é conhecida como períneo, e que também não merece ser ignorada. Beijos nesta zona, muito vascularizada e cheia de terminações nervosas, podem fazer parte das preliminares.

    8. Peito

    Por que focar só no mamilo quando se pode aproveitar todo o peito? Beijar entre os seios ou em volta deles também é muito prazeroso.

    9. Virilha

    Aqui também vale a dica das costas: trilhar um caminho de beijos pela virilha pode ser muito excitante, especialmente pela sensibilidade aflorada que a pele desta parte do corpo possui.

    10. Axilas

    Sim, há pessoas com fetiche em axilas e elas garantem que não há nada melhor do que cheirar e beijar o sovaco da pessoa amada. A região, que também é sensível, pode provocar reações que vão desde aquele arrepio de prazer até cócegas.

    Benefícios do beijo

    Que beijo é uma delícia, todo mundo já sabe, mas e os benefícios que ele traz para a saúde, você conhece? Esse gesto de carinho - quando praticado com amor e cumplicidade - pode desencadear reações no corpo todo.

    1. Melhora a circulação

    A excitação que acontece durante um beijo provoca uma vasodilatação no corpo todo. A abertura dos vasos, juntamente com a aceleração da frequência cardíaca, contribui para o aumento da quantidade de sangue oferecida aos tecidos. 

    2. Previne e ameniza rugas

     

    Beijo previne rugas
    Beijo previne rugas | Foto: Reprodução

    Um beijo de língua apaixonado e cheio de cumplicidade movimenta 29 músculos da região e do rosto. O gesto cheio de boas emoções, além de gastar calorias, funciona como uma ginástica facial.

    3. Aumenta a imunização

    Você sabia que o beijo promove a troca de cerca de 250 bactérias? Antes de torcer o nariz, saiba que isso pode proteger o corpo de várias doenças.

    Quando os casais estão distantes os casais deixam de beijar. Que o beijo não seja apenas um ato sexual, mas que vire uma rotina mesmo, principalmente os casados.

    4. Libera hormônios do prazer

     O beijo libera os hormônios dopamina, epinefrina e ocitocina. 

    "

    Os lábios e a língua são duas partes do corpo que, em conexão, são as mais sensíveis, e isso acaba trazendo prazer como um todo, não só no quesito sexual, mas mais prazer para a saúde "

    sexólogo e psicólogo, Sebastião Nascimento, Dia do Beijo

     

    O especialista afirma que quando há uma troca verdadeira, um beijo apaixonado, o farol 'acende' e a mulher tende a ficar mais lubrificada.

    5. Estimula os sentidos

    O sexólogo orienta a beijar não somente a boca, mas todo o corpo. "É saber explorar o beijo de maneira muito intensa. Um beijo no pé, na panturrilha, na barriga, no pescoço, na nuca... a depender da  conexão, qualquer parte do corpo que é beijada, ela entra em conexão e produz a ocitocina imediatamente".

    6. Promove bem-estar

     

    O beijo promove bem-estar
    O beijo promove bem-estar | Foto: Reprodução

    A liberação dos neurotransmissores chamados de endorfinas, que acontece durante o beijo, promove uma prazerosa sensação de bem-estar.

    7. Melhora a autoestima

     O beijo romântico implica na sensação de ser amado e o beijar por beijar está ligado ao poder de conquista, de sedução, de ser atraente a outras pessoas.

    Leia Mais

    Dia do Beijo: descubra o estilo e envolvimento de cada signo