Esporte


Tarde de surpresas e definições na Liga dos Campeões

Gigantes tropeçam e últimos classificados às oitavas de final da principal competição de clubes do mundo são definidos

O Real Madrid voltou a decepcionar seu torcedor na tarde de ontem (12). Jogando em casa, no Santiago Bernabéu, a equipe passou vexame e foi atropelada pelo CSKA, perdendo por 3 a 0.
O Real Madrid voltou a decepcionar seu torcedor na tarde de ontem (12). Jogando em casa, no Santiago Bernabéu, a equipe passou vexame e foi atropelada pelo CSKA, perdendo por 3 a 0. | Foto: JAVIER SORIANO

São Paulo (SP) – O Real Madrid voltou a decepcionar seu torcedor na tarde de ontem (12). Jogando em casa, no Santiago Bernabéu, a equipe passou vexame e foi atropelada pelo CSKA, perdendo por 3 a 0.

Com Vinícius Junior atuando a partida inteira, os madrilenhos não se encontraram em momento algum, jogaram mal e viram os russos passearem na Espanha, pela sexta e última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Marcelo, que foi o capitão do Real, também teve atuação esquecível no duelo, e acabou sendo substituído. Vinicius, começou bem, mas caiu junto com o restante do time, que não viu a cor da bola na capital espanhola. Santiago Solari aproveitou o fato de já estar classificado para dar chances a jogadores reservas, mandando um mistão a campo.

Com o resultado, o Real Madrid se manteve na liderança do grupo G. Mesmo com a vitória histórica, os russos sequer vão para a Liga Europa e encerram a participação em último lugar, com sete pontos conquistados. Outro fator que dá a dimensão do vexame foi que pela primeira vez que os madrilenhos perderam por três gols de diferença no Bernabéu pela Champions.

| Foto: Lindsey Parnaby/AFP

Os gols foram marcados por Chalov, Schekinikov e Sigurdsson. A derrota acachapante faz com que o Madrid chegue com a moral baixa para a disputa do Mundial de Clubes, nos Emirados Árabes Unidos. A estreia no torneio será na próxima quarta-feira (19).

Agora, o Real volta aos gramados para enfrentar o Rayo Vallecano, no sábado (15), às 13h30, (horário de Manaus), pelo Espanhol. Fora da Liga Europa, o CSKA volta suas atenções para o Campeonato Russo.

| Foto: REUTERS/Denis Balibouse

Roma também perde

Quem também fez feio no grupo foi a Roma. Mesmo classificada, a equipe de Eusebio Di Francesco perdeu para o Viktoria Plzen, fora de casa. por 2 a 1. Com o resultado, os tchecos chegam a Liga Europa, pois ficaram na terceira colocação do grupo. A equipe da capital italiana se manteve em segundo e está nas oitavas da Champions. Kovarik e Chory anotaram para os donos da casa, enquanto Under fez o gol dos italianos.

| Foto: Reprodução/Twitter (Ajax e Bayern)

Zebras no grupo H

Já classificados, Juventus e Manchester United encerraram a sua participação na fase de grupos da Liga dos Campeões com derrota. Em Berna, na Suíça, os italianos perderam para o Young Boys por 2 a 1, mesmo placar no revés sofrido pelos ingleses diante do Valencia, no Mestalla.

Apesar dos tropeços, a situação do grupo H continuou a mesma. A Velha Senhora avançou às oitavas de final em primeiro lugar, com 12 pontos, dois a mais que os Diabos Vermelhos. O Valencia, por sua vez, ficou com a terceira colocação, com oito pontos, e se garantiu no mata-mata da Liga Europa, enquanto o Young Boys terminou em último, com quatro.

Juventus e Manchester United conhecerão seus adversários da próxima fase em sorteio a ser realizado na próxima segunda-feira (17). Antes, ambos os times se preocuparão com seus compromissos nacionais. Pelo Campeonato Italiano, os comandados de Massimiliano Allegri visitarão o Torino, no sábado. No dia seguinte (16), o time dirigido por José Mourinho também tem um clássico: o duelo com o Liverpool, pelo Inglês, fora de casa.

Brilho de Sané

O Manchester City estará no pote 1, que contém apenas os líderes de suas chaves na fase classificatória, no sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões. Jogando em casa, no Etihad Stadium, a equipe de Pep Guardiola saiu atrás do Heffenheim, mas contou com dois gols de Sané para garantir a vitória por 2 a 1 e assegurar a primeira colocação do grupo F.

Com o resultado, o Manchester City chegou aos 13 pontos ao final das seis rodadas da fase de grupos e ficou com a ponta. O Hoffenheim, por sua vez, estacionou nos três e terminou na última posição. O Lyon, que empatou com o Shakhtar Donetsk, na Ucrânia, em confronto direito, somou seu oitavo ponto e ficou com a segunda vaga, enquanto os ucranianos precisam se contentar com uma vaga na Liga Europa, já que, com seis pontos, fecharam em terceiro.

Reserva nos últimos jogos do Manchester City, Gabriel Jesus recebeu uma oportunidade de Pep Guardiola e foi a referência do time no ataque. O brasileiro, entretanto, não conseguiu fazer valer a chance dada, teve participação discreta no triunfo e passou em branco novamente.

Empate emocionante

Seis gols, dois cartões vermelhos e requintes de drama. A última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões reservou um dos melhores jogos da competição até aqui. Precisando de um empate para garantir a liderança do grupo E, o Bayern de Munique visitou o Ajax e, depois de estar à frente duas vezes, teve de se contentar com o empate por 3 a 3.

Apesar da igualdade, o Bayern tem o que comemorar. O clube da Alemanha confirmou a primeira posição do grupo, portanto, só pode enfrentar times que terminaram na segunda posição de seus grupos nas oitavas de final. Além disso, com dois gols no jogo, Robert Lewandowski se tornou o artilheiro isolado da Liga dos Campeões com oito tentos marcados.

O empate tirou do Bayern a chance de terminar a fase de grupos da Liga dos Campeões com a melhor campanha. O melhor desempenho na fase foi do Porto, que fez 16 pontos no grupo D, que tinha Schalke 04, Galatasaray e Lokomotiv Moscou.