Frustração


O ano decepcionante de Neymar

Atacante brasileiro do PSG não conseguiu ter o sucesso esperado no PSG e fracassou na Copa do Mundo, junto com os demais comandados pelo técnico Tite

Neymar fracassou com a seleção brasileira na Rússia
Neymar fracassou com a seleção brasileira na Rússia | Foto: Divulgação

Um ano para se esquecer. Assim pode ser definido o 2018 de Neymar. Apontado desde quando saiu do Santos rumo ao Barcelona como futuro melhor jogador do mundo, o atacante brasileiro sofreu com uma lesão às vésperas da Copa da Rússia, virou motivo de piada e viralizou nas redes sociais por seu desempenho cinematográfico dentro de campo e segue apresentando um futebol abaixo do esperado no Paris Saint-Germain.

O primeiro ano no time francês foi decepcionante. O jogador sofreu uma lesão no mês de fevereiro e só voltou a atuar em maio. Sua ausência na segunda metade da temporada europeia foi crucial para a queda do PSG nas oitavas de final da Liga dos Campeões, diante do Real Madrid. Nos torneios doméstico, o brasileiro não fez falta e, mais uma vez, os franceses conquistaram a Liga e as Copas com sobras.

A lesão serviu para pôr um ponto de interrogação sobre as condições físicas de Neymar para a disputa da Copa do Mundo, por conta do longo período longe dos gramadas. Assim como a seleção comandada por Tite, o jogador enfrentou dificuldades e decepcionou por não ter sido capaz de liderar à equipe rumo ao hexacampeonato.

Na Rússia, o atacante não chamou a atenção por gols bonitos ou jogadas plásticas. Pelo contrário. Neymar ficou marcado pelo cai-cai e seus “rolamentos” intermináveis a cada falta sofrida. Viralizou nas redes sociais do mundo todo e virou meme por conta das quedas cinematográficas e saiu do Mundial em baixa.

O atacante do PSG viu seu ano ficar ainda pior após nem sequer aparecer na lista da Fifa que indicava os dez melhores jogadores do ano e concorrentes ao prêmio de melhor do mundo. Viu o croata Luka Modric quebrar a hegemonia de Messi e Cristiano Ronaldo na premiação, faturar o “The Best” e a Bola de Ouro.

Para fechar seu ano decepcionante, Neymar foi superado pelo francês Kylian Mbappé que, após conquistar a Copa do Mundo, ultrapassou o brasileiro e se tornou o jogador mais valioso do mundo, segundo o site “Transfermarkt”, especializado no mercado do futebol. O atacante de 20 anos está sendo avaliado em 200 milhões de euros (cerca de R$ 886 milhões), 20 milhões de euros a mais do que o ex-santista, avaliado em 180 milhões de euros (cerca de R$ 797 milhões).

Leia Mais:

Vídeo: O sucateiro e o sonho da menina da faixa azul

Vidas cruzadas: histórias de jovens atletas em busca de um sonho no AM

‘Seria ótimo se ele voltasse para o Barcelona', diz Messi sobre Neymar