Fonte: OpenWeather

    COPA DO BRASIL


    Confira trajetória dos times do AM na Copa do Brasil de 2010 para cá

    Fast e Manaus FC estreiam na competição na próxima semana, então vale destacar como foi a trajetória das equipes da terrinha na competição nacional

    Manaus FC em jogo contra o Rio Negro. O Gavião do Norte estreia na Copa do Brasil no dia 13 de fevereiro
    Manaus FC em jogo contra o Rio Negro. O Gavião do Norte estreia na Copa do Brasil no dia 13 de fevereiro | Foto: Janailton Falcão/Manaus FC


    Manaus - Seguindo o costume que virou regra desde 2010, dois times amazonenses começam a disputar a partir da quarta-feira (13) a Copa do Brasil de 2019. Manaus FC e Fast Clube encaram o Vila Nova, de Goiânia, (GO) e o Oeste, de Barueri (SP), ainda na primeira fase da competição. O Gavião do Norte enfrenta o time goianense no Estádio Ismael Benigno, a Colina, na quarta-feira, enquanto o Tricolor do Boulevard encara o Oeste também na Colina, mas na quinta-feira (14).

    A reportagem entrou em contato com o técnico do Manaus FC, João Carlos "Cavalo", mas não obteve retorno. Já o comandante do Fast, o português Paulo Morgado, salienta que a esperança é de fazer um bom jogo contra o Oeste na quinta-feira.

    Segundo ele, é difícil ultrapassar um time com um orçamento cinco ou seis vezes superior ao do Fast e que ainda está na Série B do Brasileirão.

    "Em 90 minutos, tudo é possível. O futebol é uma caixinha de surpresas, e a gente tem casos de times pequenos que se agigantam e vencem os grandes. Espero que na quinta-feira o Fast seja vencedor", afirma o técnico, que está em sua quinta passagem pela equipe.

    Trajetória dos amazonenses na Copa do Brasil

    De 2010 até 2018, praticamente todos os times do Amazonas foram eliminados na primeira fase da Copa do Brasil. Entretanto, a melhor campanha foi a de 2013. Com um time comandado por Aderbal Lana, o Nacional conseguiu chegar até as oitavas de final da competição, arrastando multidões ao estádio do Sesi, no Aleixo.

    No entanto, o Leão da Vila Municipal caiu diante do Vasco por 2 a 1. Em 2014, o Nacional conseguiu chegar até a segunda fase, e nos dois anos, foi o único time amazonense a participar da Copa. Em 2019, a equipe não participará da competição.

    De 2010, o Nacional só não participou da edição de 2018 da Copa do Brasil
    De 2010, o Nacional só não participou da edição de 2018 da Copa do Brasil | Foto: Divulgação

    Já o Manaus FC é o estreante da Copa do Brasil. O Gavião do Norte entrou na competição em 2018, quando enfrentou o CSA de Maceió (AL). O jogo acabou em empate, o que não deixou nenhum dos dois times seguirem em frente. Na primeira fase da competição em 2019, enfrentará o Vila Nova, que eliminou o Fast Clube com um empate em 2017.

    Depois do Nacional, o Princesa do Solimões é o time que mais participou da competição: três vezes, em 2015, 2016 e 2017. Em 2015, o time empatou com o Figueirense no jogo de ida, no Gilbertão, mas perdeu na volta, em Salgueiro (PE). Em 2016, enfrentou a Chapecoense, perdendo tanto no Gilbertão, em Manacapuru, como no jogo de volta, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Por fim, em 2017, perdeu para o Internacional por 2 a 0, com gols de Valdívia e Brenner.

    Fast Clube acumula duas participações na Copa do Brasil. O técnico Paulo Morgado tem esperança de vencer já no primeiro jogo
    Fast Clube acumula duas participações na Copa do Brasil. O técnico Paulo Morgado tem esperança de vencer já no primeiro jogo | Foto: Divulgação

    Penarol e Fast Clube também acumulam participações. Em 2011, o Leão da Velha Serpa perdeu de 3 a 2 no Floro de Mendonça diante do Paysandu, e no jogo de volta, na Curuzu, em Belém (PA), empatou em 2 a 2. Já o Fast, no jogo de ida, venceu o Fortaleza (CE), por 2 a 0, assinados por Clailson. No jogo de volta, perdeu de 4 a 1 no Estádio do Pici, na capital cearense.

    Em 2012, o Penarol teve a segunda melhor campanha de um time na Copa do Brasil. Passou da primeira fase diante do Santa Cruz no jogo de volta, com gols de Fábio Bala, Marinelson e Rondinelle. Na segunda fase, entretanto, perdeu para o Atlético Mineiro por 5 a 0, sendo dois de Fillipe Soutto, três de André e um de Guilherme.

    Leia mais

    Jogador do AM lamenta morte de amigos em incêndio no CT do FLA

    Federação cancela rodada do Campeonato Carioca do final de semana

    Retorno de Anderson Silva ao UFC acontece neste sábado (9)