Fonte: OpenWeather

    Campeonato de Handebol


    Campeonato Amazonense de Handebol começa neste domingo (14)

    O torneio contará com 23 equipes, entre masculinas e femininas, divididas em 3 categorias: Ouro, Prata, com o apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel)

    O torneio terá ínicio neste domingo (14), com a participação de 23 equipes, no feminino e masculino
    O torneio terá ínicio neste domingo (14), com a participação de 23 equipes, no feminino e masculino | Foto: Reprodução

    Manaus - Organizado pela Liga de Handebol do Amazonas ( Liham), o Campeonato Amazonense Adulto de Handebol está em contagem regressiva para o começo dos jogos, que terão o arremesso inicial no próximo domingo (14). 

    A competição, que conta com o apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), terá início às 13h no ginásio Aristophano Antony, no Atlético Rio Negro Clube, localizado no bairro Centro, Zona sul de Manaus.

    Ao todo, 23 equipes se inscreveram na competição, entre as modalidades masculino e feminino, com representantes do interior do Amazonas, como Itacoatiara, Borba e Coari. Por conta disso, as partidas serão disputadas tanto em Manaus quanto nos municípios do interior do estado.

    Organização

    Para Auricelio Andrade Pessoa, presidente da Liham, a expectativa com a competição é a melhor possível, esperando um crescimento sobre o torneio.

    ''Estamos nos preparando desde o início do ano, através de torneios preparatórios. São 8 equipes na série ''Ouro'', 10 na série ''Prata'' e 5 equipes compondo o campeonato feminino. Esperamos que o campeonato evolua ainda mais. A cada ano evoluímos e progredimos um pouco, com o torneio seguindo em uma constante evolução, torcendo por grandes jogos, dentre todas as categorias do torneio, de forma a engrandecer nosso campeonato’’, comentou Pessoa.

    De acordo com o presidente, mesmo com todos os pormenores, a competição ocorre da melhor maneira possível. ‘’A estrutura não é a melhor possível, mas contamos com o apoio da Sejel para driblar as dificuldades, que disponibilizou quadras com boas estruturas para realizarmos nossos jogos. As maiores dificuldades provêm da falta de interesse da iniciativa privada no que se refere a patrocínio, a falta de incentivo ao esporte, o que afasta o público’’, argumentou Andrade.

    Apoiada pela Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), a competição contará com times masculinos e femininos.
    Apoiada pela Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), a competição contará com times masculinos e femininos. | Foto: Reprodução

    Além das questões estruturais, Auricelio também colocou na distância um dos fatores que dificultam o campeonato. ‘’A logística é o maior desafio, como as equipes do interior que hoje se fazem presente, no caso Manacapuru, Iranduba, Novo Airão, Coari, Manaquiri, Careiro da Várzea e Borba’’, disse o presidente.

    Pessoa termina dizendo que a liga segue em constante funcionamento pensando nos melhores caminhos para o handebol no estado. ‘’Estamos trabalhando para que o Handebol amazonense se fortaleça, para que sejamos referência no cenário nacional, com a formação de técnicos e árbitros. Pensamos sempre na melhoria da competição’’, finalizou.

    “É uma grande satisfação ver que o campeonato contribui para o fomento e desenvolvimento do handebol no Amazonas. Tenho certeza que grandes talentos deverão ser descobertos ao longo dos jogos. Que o espírito esportivo prevaleça sempre e que os atletas tenham uma excelente competição”, comentou o titular da Sejel, Caio André de Oliveira.

    Equipes

    Elenco do Handebol Clube de Manaus, visando o título do torneio
    Elenco do Handebol Clube de Manaus, visando o título do torneio | Foto: Reprodução

    Para Beto Costa, presidente do clube Handebol Clube de Manaus, a preparação do elenco foi pensada visando a glória nessa competição. ‘’A equipe se prepara já algum tempo para a competição. Vamos colocar em prática tudo que foi treinado, com a expectativa de alcançar um bom resultado com intuito de voltar a figurar nas primeiras colocações como acontecia antes’’, comentou o presidente.

    O presidente afirma que apesar das dificuldades, a liga segue fazendo o seu papel. ‘’A estrutura para a prática da modalidade, mesmo com algumas dificuldades, conta com a Liham para buscar melhores condições para os jogos. Isso valoriza a competição e os atletas de cada time’’, argumentou Costa.

    Taça Amazônica

    Beto comentou também sobre os próximos passos do clube, após o estadual. ‘’Estamos nos organizando para disputarmos uma competição nacional, que será a Taça Amazônica, podendo vir até mesmo a participação no Campeonato Brasileiro de Clubes da 1ª Divisão. Mesmo com as dificuldades, por conta da falta de apoio para adquirirmos passagens, hospedagens e alimentação, cremos que temos que ir pois isso valoriza o grupo, que tanto treina e se esforça pela modalidade’’, finalizou ele.

    Ao todo, 7 municípios do interior serão representados na competição
    Ao todo, 7 municípios do interior serão representados na competição | Foto: Reprodução

    Para o técnico da equipe Handebol Coari, Cardejane Moraes, os atletas estão focados e esperam alcançar bons resultados durante as disputas. “Estamos em preparação desde fevereiro. Queremos colocar em prática tudo o que treinamos, para fazer bons jogos e alcançar os melhores resultados possíveis”, disse.

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    Alter do Chão receberá Rio Negro Challenge

    Meninos do Amazonas na "peneira" dos grandes times de futebol