Fonte: OpenWeather

    Resultado execente


    Seleção AM Feminina de Beach Soccer termina em segundo lugar

    A delegação terminou na vice-colocação no 1º Circuito de Beach Soccer, realizado no Rio de Janeiro

    Foi a primeira edição do torneio, que contou com bom desempenho das amazonenses
    Foi a primeira edição do torneio, que contou com bom desempenho das amazonenses | Foto: Divulgação

    A Seleção Amazonense Feminina de Beach Soccer encerrou sua participação no 1º Circuito de Beach Soccer, realizado no Rio de Janeiro, entre 23 e 25 de agosto, com o vice-campeonato da competição. O resultado é considerado extremamente positivo para a modalidade no Amazonas, uma vez que a equipe foi formada há pouco mais de um mês e já subiu ao pódio em sua primeira grande competição.

    Com o apoio da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), que além das passagens áreas para a disputa do torneio, também cedeu o local para o treinamento, realizado no Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na zona norte da cidade, o time foi formado pelo ídolo e segundo maior goleador da história da Seleção Brasileira de Beach Soccer, Junior Negão, que também atua como técnico da equipe.

    Para Junior Negão, o resultado foi surpreendente, mas o bom desempenho já era esperado. Ele também agradeceu ao Governo do Estado pelo apoio dado. “Somos gratos ao titular da Sejel, Caio André de Oliveira, por todo apoio à equipe. Enquanto as outras equipes já estão aí há um ano treinando, a nossa não tem nem um mês de treino e já sai do circuito como vice-campeã”, destacou o técnico. 

    A competição foi promovida pela Federação de Beach Soccer do Rio de Janeiro e teve ainda nas disputas as seleções Carioca, do Distrito Federal e dos estados do Paraná e Espírito Santo. O time alcançou o segundo lugar após vencer a seleção capixaba e empatou com o time de Brasília, chegando a quatro pontos no torneio.

    O secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Caio André de Oliveira, ressaltou que a Sejel sempre acreditou no potencial da equipe. “Inicialmente parabenizo o time pela conquista. Temos muitas meninas habilidosas, e acredito que teremos ainda mais vitórias. A Sejel pretende dar todo o apoio possível ao elenco, para que sigam em frente na caminhada”.

    Revelação

    Para quem nunca havia jogado na praia, sair da competição como a segunda maior artilheira, com 11 gols, foi duplamente vencedor. Esse foi o caso de Esterzinha, dona desse feito. A expectativa agora é ter o desempenho mais uma vez reconhecido, já que em novembro a Confederação de Beach Soccer Brasil (CBSB) deverá realizar um torneio em que, pelo menos, três atletas do Amazonas deverão compor a equipe brasileira.

    *Com informações da assessoria