Fonte: OpenWeather

    Alfinetada


    Vagner Love defende postura do Corinthians no Brasileirão

    O Timão vem de três vitórias seguidas. Todas sofridas, sem agradar muito, mas não menos importantes.

    "Quanto menos falem do Corinthians, melhor. Eu prefiro assim. Deixa falar que o título é dos outros e ficamos fazendo nosso trabalho pelas beiradas." Afirma o craque. | Foto: Divulgação

    Manaus - Os resultados são indiscutíveis, mas o desempenho do Corinthians em campo durante toda a temporada tem sido protagonista de debates desde os programas esportivos a rodas de amigos. O tema já chegou ao elenco, mas, engana-se quem pense que os jogadores estão preocupados com isso.

    Na véspera da partida com o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, Vagner Love atendeu a imprensa no hotel em que a delegação alvinegra está hospedada, em Porto Alegre, e foi objetivo na opinião.

    “Nem sempre vamos jogar bem, mas o mais importante que a gente preza é vencer. Se chegar na reta final vencendo por 1 a 0, 2 a 1 e brigando pelo título, eu prefiro. Prefiro jogar mal e ser campeão. Tem clubes que jogam muito bem e não estão ganhando nada. Prefiro um jogo ou outro ir mal, mas estar sempre lutando e competindo para conseguir sempre os três pontos”, afirmou, em entrevista coletiva.

    “Sabemos que temos que melhorar em algumas coisas, mas estamos no caminho certo. Se for ver esse é um ano de reformulação. O Corinthians vem bem, esse ano vamos chegar em algum lugar, não sei se título, mas Libertadores vamos classificar, e tenho certeza que o ano que vem vai ser melhor ainda”.

    O Timão vem de três vitórias seguidas. Todas sofridas, sem agradar muito, mas não menos importantes. O desafio na Arena do Grêmio, a partir das 19h00 do sábado, pode colocar de vez o Corinthians na briga pelo título.

    “Quanto menos falem do Corinthians, melhor. Eu prefiro assim. Deixa falar que o título é dos outros e ficamos fazendo nosso trabalho pelas beiradas. Mas tem peso grande vencer do Grêmio aqui, te dá confiança para a sequência do trabalho. Jogar aqui é muito difícil, mas uma vitória nos deixa numa condição boa na competição, nos mantêm no G-4 e pode nos distanciar de outras equipes”, concluiu o camisa 9.

    *Com informações do Gazeta Esportiva