Fonte: OpenWeather

    Mundial de Surfe


    Brasileiro é vice na etapa francesa do circuito mundial de surfe

    O ranking continua sendo liderado por dois brasileiros

    O brasileiro perdeu para o francês Jeremy Flores | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

    O surfista brasileiro Ítalo Ferreira conquistou nesta sexta-feira (11), o vice-campeonato da etapa francesa, a nona das 11 que integram o circuito mundial de surfe. O brasileiro perdeu para o francês Jeremy Flores, nas águas de Côte d’Argent.

    Apesar da derrota na final, Ítalo subiu da quinta para quarta posição no ranking mundial, com 42.400 pontos. O ranking continua sendo liderado por dois brasileiros: o bicampeão mundial Gabriel Medina, que foi eliminado nas oitavas-de-final na França e soma 48.015 pontos, e Filipe Toledo, que caiu na terceira fase desta etapa e soma 45.730 pontos.

    Ítalo está atrás também do sul-africano Jordy Smith, que tem 43.515 pontos, e à frente do norte-americano Kolohe Andino, que tem 41.250 pontos.

    Além da busca pelo título mundial, os três brasileiros disputam duas vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Isso porque o circuito mundial masculino levará os dez primeiros colocados para a olimpíada, mas cada país só poderá ser representado por, no máximo, dois atletas.

    Feminino

    No feminino, a brasileira Tatiana Weston-Webb foi eliminada nas quartas-de-final da etapa, mas manteve-se na oitava colocação no ranking mundial, com 34.610 pontos. A nona colocada, a francesa Johanne Defay, no entanto, chegou até as semifinais e diminuiu a diferença para a brasileira. Johanne tem 33.815 pontos.

    Tatiana manteve-se na zona de classificação para os Jogos Olímpicos, já que o circuito mundial feminino garante vaga nas olimpíadas para as oito primeiras colocadas. A outra brasileira no circuito, Silvana Lima, está na 12ª colocação, com 22.020 pontos, portanto a 12.590 pontos da zona de classificação.

    Faltam mais duas etapas para terminar os circuitos masculino e feminino. A próxima etapa acontece em Peniche, Portugal, entre os dias 16 e 28 de outubro, tanto para homens quanto para mulheres.

    A última etapa dos circuitos será no Havaí, mas em locais e datas diferentes para homens e mulheres. O mundial feminino será definido em Honolua Bay, na ilha de Maui, entre (25) de novembro e (6) de dezembro. O circuito masculino se encerra com o Billabong Pipe Masters, em Pipeline, na ilha de Oahu, entre os dias 8 e 20 de dezembro.