Copinha


Flamengo pode perder até cinco edições da Copa São Paulo de Futebol Jr

Pelo regulamento da Copinha, punição por abandono pode deixar o Rubro-Negro até cinco anos longe da competição

Tetracampeão da Copinha, Flamengo pode ficar de fora por até cinco edições após abandono
Tetracampeão da Copinha, Flamengo pode ficar de fora por até cinco edições após abandono | Foto: Divulgação/ Flamengo

Manaus - O Flamengo anunciou, na última segunda-feira (30), que não disputará a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2020. De acordo com a nota oficial, o clube usará os jogadores da categoria Sub-20 nos primeiros jogos da Taça Guanabara. Com isso, Rubro-Negro pode pegar até cinco anos de suspensão.

O Flamengo tentou mudar a lista de inscrição da Copa São Paulo, mas recebeu negativa da Federação Paulista de Futebol (FPF). Como as férias dos jogadores que disputaram o Mundial de Clubes acabam apenas no final de janeiro, os atletas Sub-20, que disputariam a Copinha, serão aproveitados no início do Campeonato Carioca.

A FPF ainda não se pronunciou oficialmente, mas segundo o regulamento da Copa São Paulo, no artigo 48, a Federação prevê suspensão por até cinco edições do torneio, além de pagar multa de R$20 mil pelo abandono.

“O clube que desistir da participação após a confirmação de sua participação, abandonar ou for punido com a exclusão ou a eliminação desta pela Justiça Desportiva, poderá ser punido com a proibição de disputar até as próximas cinco edições, além de multa administrativa de R$ 20 mil”, diz o Artigo 48.

O Rubro-Negro é tetracampeão do torneio, e estava no grupo cinco do torneio, juntamente com Água Santa, Trem e Vitória da Conquista, contra quem estrearia no próximo sábado (4). Confira a nota oficial do Flamengo na íntegra:

"O Clube de Regatas do Flamengo informa que não participará da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020, competição sempre valorizada pelo clube, detentor de quatro títulos do torneio ao longo da história.

A decisão se deve ao histórico desempenho do time profissional na temporada 2019, que fez com que o calendário de jogos se estendesse até o final de dezembro - com a participação no mundial de clubes. 

Isso vai fazer com que as férias dos jogadores profissionais se encerrem apenas no final de janeiro.

Sendo assim, o Flamengo contará com grande parte do elenco da categoria Sub-20, antes inscritos na Copa São Paulo, para os primeiros jogos da Taça Guanabara, cujo início se dará em meados de janeiro. Além desse fato, seis jogadores inscritos na Copinha sofreram lesões que os impedem de jogar o torneio.

Sabendo disto e com a ressalva de que não era possível saber, no prazo limite regulamentar das inscrições, que o clube seria campeão da Copa Libertadores da América, o Flamengo ainda tentou a inclusão de novos atletas na lista que havia sido anteriormente enviada à Federação Paulista de Futebol. Infelizmente, o pedido foi negado pela organização do campeonato. 

Dessa forma, o clube decidiu por não participar da competição, agradecendo ao convite recebido para a disputa e desejando todo o sucesso ao evento"