Fonte: OpenWeather

    Feminino


    Iranduba contrata Andressinha, estrela do Grêmio

    O time amazonense já tem seis contratações oficializadas em 2020

    Andressinha é estrela do Grêmio
    Andressinha é estrela do Grêmio | Foto: Divulgação

    Manaus - O Iranduba FC continua se reforçando para o Campeonato Brasileiro Feminino 2020 e anunciou quatro novidades no último fim de semana, dia 5 e 6: a meia Andressinha (ex-Grêmio), a atacante Érica Gomes, artilheira do último Campeonato Catarinense pelo Napoli, e as laterais Thalita e Thaís Prado, vindas do Tiradentes (PI).

    Com oito gols em seis jogos no estadual de 2019 de Santa Catarina, Érica tem passagens por clubes como Vitória das Tabocas, São Francisco do Conde, Chapecoense, Kindermann e Napoli. De acordo com a diretoria, a artilheira era um desejo antigo do Hulk.

    "A gente já queria ter trazido a Érica desde quando ela jogou contra nós pelo São Francisco. Quisemos novamente quando ela estava na Chapecoense e felizmente agora deu certo. É uma daquelas jogadoras que a gente diz que tem a cara do Iranduba", disse o diretor Lauro Tentardini.

     

    Thalita, ex-Tiradentes (PI) é uma das novas contratadas do Hulk para 2020
    Thalita, ex-Tiradentes (PI) é uma das novas contratadas do Hulk para 2020 | Foto: Divulgação/ Iranduba FC

    Do Piauí, o Iranduba já buscou jogadoras como Nathy, Júlia Beatriz e, mais recentemente, a atacante Kedma, que foi anunciada no último dia 3 de janeiro. Thaís Prado e Thalita se juntam a elas para a disputa de um ano com o calendário competitivo cheio. O Hulk disputa, além da Série A1 do Campeonato Brasileiro, o Campeonato Amazonense, no segundo semestre.

    "Quando recebi o convite para jogar no Iranduba eu nem acreditei. Ficava me perguntando se aquilo era real! Espero que a torcida continue apoiando a gente. É uma torcida super apaixonada, sempre acompanhei", destacou Thalita.

    Com os novos reforços, o Iranduba já tem seis contratações oficializadas em 2020. A estreia no Brasileirão é no dia 9 de fevereiro, contra a Ponte Preta.

    *Com informações da assessoria.