Copinha


Nacional vence na Copinha e quebra tabu de três anos

Naça vence Velo Clube, quebra tabu e se mantém na briga pela classificação à próxima fase da Copinha

Com a vitória na Copinha, o Nacional segue vivo na briga pela classificação.
Com a vitória na Copinha, o Nacional segue vivo na briga pela classificação. | Foto: Divulgação

Manaus - Nesta segunda-feira (6), o Nacional venceu o Velo Clube (SP) por 3 a 2, em jogo eletrizante pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. O time amazonense renova suas esperanças de classificação à próxima fase e ainda quebrou o tabu de três anos que uma equipe amazonense não vencia na Copinha.

O Naça chegou a abrir 2 a 0 rapidamente, com gols de Kalil e Max Nóbrega, mas os donos da casa pressionaram e voltaram para o jogo, deixando tudo igual no estádio Benito Castelani. Aos 31 minutos do segundo tempo, Max Nóbrega marcou seu segundo no jogo e o terceiro do Mais Querido, o que definiu o placar em 3 a 2 e a vitória do Amazonas na competição.  

O jogo

No primeiro tempo, o Leão da Vila partiu ao ataque e conseguiu pressionar a equipe adversária. O gol saiu logo aos 14 minutos, em escanteio cobrado por Gabriel Manga. Kalil apareceu para cabecear e abrir o marcador.

No lance seguinte, o Naça voltou ligado, pressionando em busca do segundo gol e após pressionar a saída de bola do Velo Clube, o goleiro Micael saiu errado e Max Nobrega recuperou a bola para ampliar o placar para 2 a 0. Com dois gols em vantagem, a equipe comandada por José Ribamar adotou uma postura defensiva, até que aos 45, em cobrança de escanteio, Vinicius cabeceou e diminuiu para o Velo Clube.

Nacional vence o Velo Clube por 3 a 2 e coloca fim a seca que durava 3 anos.
Nacional vence o Velo Clube por 3 a 2 e coloca fim a seca que durava 3 anos. | Foto: Divulgação

Na segunda etapa, o Leão da Vila Municipal apostou nos contra-ataques e fortaleceu o setor defensivo, enquanto o Velo Clube se lançava ao ataque. Aos 24 minutos, porém, em bola cruzada, Victor Ferraz empatou a partida.

Apesar do empate, a reação foi imediata do Nacional, que retomou as ações ofensivas do jogo, mas desta vez, em contra ataques. Aos 31 minutos, a estrela de Max Nóbrega brilhou novamente e o meia bateu colocado, após rebote dentro da área, para desempatar a partida. 3 a 2 Naça. Após o gol, José Ribamar organizou seus jogadores para segurar o resultado e garantir a vitória nacionalina.

Com este resultado, o Naça chega a três pontos na tabela e vai em busca da classificação para a próxima fase. Na rodada seguinte, enfrenta a equipe do  RedBull Brasil, às 16h (horário de Manaus), desta quinta-feira (9), no estádio Benitão.

*Com informações da assessoria.