Rivalidade


Messi diz: 'Meus duelos com CR7 vão permanecer para sempre'

O jogador falou sobre Cristiano Ronaldo e os anos que os dois permaneceram como rivais na Espanha

Lionel Messi falou em uma entrevista sobre a rivalidade com o Cristiano Ronaldo | Foto: Divulgação

Os duelos entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo estão na história do futebol. Por quase dez anos, eles se enfrentaram na mesma liga e acirraram ainda mais a rivalidade entre Barcelona e Real Madrid. Desde que o português assinou com a Juventus, em 2018, eles ainda não se encontraram em campo, mas o argentino afirmou que esses confrontos serão eternos.

Em uma longa entrevista ao canal "DAZN" da Itália, Messi falou sobre Cristiano Ronaldo e os anos que os dois permaneceram como rivais na Espanha.

"Foram muitos anos e não é fácil manter tantos anos competindo no mais alto nível e nas equipes em que éramos tão exigentes quanto o Real Madrid e o Barcelona, ​​os dois melhores do mundo. Meus duelos com ele, competindo como iguais por tantos anos, vão permanecer para sempre, foi um duelo esportivo muito pessoal e acho que as pessoas gostaram, seja Madrid, Barça ou, em geral, todos que gostam de futebol", disse o argentino.

Prestes a completar 33 anos, Messi ainda se diverte em campo. Eleito seis vezes o melhor jogador do mundo pela Fifa e na Bola de Ouro – um a mais que CR7 –, o camisa 10 afirmou que o seu segredo em campo é justamente a diversão em jogar futebol.

"Ainda estou me divertindo. Obviamente, com muita responsabilidade, mas o segredo é se divertir. Quando você faz as coisas ficam mais naturais, mais fáceis", disse o jogador.

Na longa entrevista, Messi ainda fala sobre o início da carreira, o fato de ter jogado com Xavi e Iniesta, seu faro de gol, artilharia, prêmios e sobre seus filhos. O craque disse que sua vida mudou com as chegadas de Thiago, Mateo e Ciro.

"Desde que o Thiago nasceu, reduzi muito minhas festas e, agora que tenho três filhos, ainda menos. O ritmo da minha vida depende muito dos meninos: terminamos o treinamento, volto para casa para comer rápido e vou buscá-los na escola. Sim, meus cochilos foram cortados muito (risos) da rotina", brincou o jogador.