Fonte: OpenWeather

    Copa Sul-Americana


    Torcida 'invade' a Argentina e ajuda o Fortaleza na Sul-Americana

    Tricolor cearense perde, mas vaga ainda é sonho possível

    A festa foi mesmo do tradicional clube da casa, que venceu por 1 a 0 | Foto: Divulgação

    O resultado amargo na estreia internacional do Fortaleza não arrefeceu a animação da torcida que "invadiu" a Argentina para apoiar o time contra o Independiente, pela primeira fase da Copa Sul-Americana. Na quinta-feira (13), cerca de 4,5 mil tricolores tomaram o setor destinado aos visitantes no Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, cantaram do início ao fim e ficaram com o grito de gol entalado na garganta algumas vezes, com Osvaldo, David e Romarinho.

    No fim, a festa foi mesmo do tradicional clube da casa, que venceu por 1 a 0 e saiu em vantagem no confronto. Mas diante do Rey de Copas, dono de sete títulos de Libertadores, o resultado não foi de todo ruim. Agora, o Tricolor precisa vencer em casa por dois gols de diferença para seguir na competição. A partida, na Arena Castelão, está prevista para o dia 27. Se devolver o 1 a 0, o duelo será definido nos pênaltis. Qualquer outra combinação dá a vaga ao Independiente.

    A expulsão ainda no primeiro tempo de Quintero, um dos líderes da equipe dirigida por Rogério Ceni, atrapalhou os cearenses ainda que Sanchez Miño também tenha sido expulso também. Na etapa final, a eficiência do Independiente fez diferença, e Leandro Fernández colocou os argentinos à frente no duelo. Alívio para o time da casa, sob forte pressão da torcida após uma derrota com dois jogadores a mais para o rival Racing, pelo Campeonato Argentino.

    Para o jogo na Arena Castelão, mais de 33 mil ingressos já foram vendidos e o técnico Rogério Ceni acredita em um público ainda maior para a decisão.

    "Quando eles (Independiente) chegarem lá em Fortaleza verão 50 mil pessoas. Tradição e história não entram em campo. Sinto orgulho dos meus jogadores, sei que eles deixaram o melhor em campo. Tivemos bola e jogamos como um time acostumado à competição. Acho que o 1 a 1 teria sido mais honesto. Vamos tentar inverter esse quadro", declarou o técnico tricolor em entrevista coletiva após a partida.

    Nos demais jogos de quinta-feira (13), pela Sul-Americana, os mandantes também levaram a melhor. O Zamora (VEN) superou o Plaza Colonia (URU) por 1 a 0, e o Cusco (PER) fez 2 a 0 no Audax Italiano (CHI).