Fonte: OpenWeather

    Copa do Brasil


    Manaus FC pode ter 'revanche' contra o Brusque (SC) na Copa do Brasil

    Brusque goleia o Remo na Copa do Brasil e pode reeditar final da Série D caso o Manaus FC passe do Brasil de Pelotas (RS)

    Brusque avança e pode reeditar final da Série D caso o Manaus FC vença o Brasil (RS)
    Brusque avança e pode reeditar final da Série D caso o Manaus FC vença o Brasil (RS) | Foto: Lucas Silva

    Manaus - Pela segunda fase da Copa do Brasil, o Brusque (SC) goleou o Remo (PA), por 5 a 1 para se classificar à próxima fase, onde pode reeditar a final da Série D do Campeonato Brasileiro de 2019, contra o Manaus FC. Na temporada passada, o time catarinense ficou com o título, após disputa de pênaltis.

    Com a classificação, o quadricolor catarinense espera Manaus ou Brasil de Pelotas, que definirão quem avança à terceira fase no próximo dia 4 de março, às 19h30 (horário de Manaus), no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS). O time gaúcho se classificou após empatar com o Gama, no estádio "Bezerrão", em Brasília, pelo placar de 3 a 3.

    Em Brasília, o Brasil de Pelotas empatou com o Gama e avançou à segunda fase
    Em Brasília, o Brasil de Pelotas empatou com o Gama e avançou à segunda fase | Foto: Divulgação

    O mando de campo por parte do Pelotas foi pré-definido, por meio de sorteio. Diferente da primeira fase, quando o visitante tinha a vantagem do empate por ser melhor posicionado no ranking de clubes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a definição do classificado será nos pênaltis, em caso de empate.

    O Manaus FC eliminou o Coritiba por 1 a 0, com gol de Rossini e agora enfrenta o Brasil (RS)
    O Manaus FC eliminou o Coritiba por 1 a 0, com gol de Rossini e agora enfrenta o Brasil (RS) | Foto: Divulgação/ Manaus FC

    Um dos destaques no início de temporada do Gavião do Norte, o zagueiro Luís Fernando, de 29 anos, evitou falar sobre o confronto com o Brasil de Pelotas ao final da partida contra o Amazonas FC, na noite da última quinta-feira (20), mas prometeu muita vontade para sair do Sul com a classificação.

    "O jogo ainda está longe, primeiro vamos ficar focados no Campeonato Amazonense, onde enfrentamos o Fast Clube, para futuramente pensar na Copa do Brasil, mas os torcedores podem esperar um time aguerrido, porque tenho certeza que vamos conseguir a vitória fora de casa", afirmou o defensor.

    Após conquistar o título da Série D do Campeonato Brasileiro de 2019, com vitória sobre o Gavião do Norte, nos pênaltis, o Brusque continua a ascensão "meteórica", uma vez que chegou à inédita terceira fase da Copa do Brasil na noite da última quinta-feira (20).

     

    O brusque goleou o Remo por 5 a 1 e se classificou para enfrentar Manaus ou Brasil (RS)
    O brusque goleou o Remo por 5 a 1 e se classificou para enfrentar Manaus ou Brasil (RS) | Foto: Divulgação

    Com gols de Thiago Alagoano (2), Airton, Edu e Neguete (contra), o time catarinense venceu o Remo por 5 a 1 e embolsou mais R$1,5 milhões em premiações, totalizando mais de R$ 3 milhões no torneio: R$ 540 mil pela participação e R$ 650 mil por passar à segunda fase, vencendo o Sport.

    A final

    No estádio Augusto Bauer em Brusque, Santa Catarina, o time da casa chegou a abrir dois gols de vantagem, com Pirambu e Thiago Alagoano. Mas Rossini fez um "doblete" para empatar em 2 a 2 e trazer a decisão do título para Manaus, com apoio da torcida. O Gavião do Norte precisava de uma vitória simples para se sagra campeão.

    Com duplo 2 a 2, decisão da Série D foi para os pênaltis, em Manaus
    Com duplo 2 a 2, decisão da Série D foi para os pênaltis, em Manaus | Foto: Lucas Silva

    Com grande apoio dos 44.896 torcedores que compareceram à Arena da Amazônia, o Manaus FC viu o Brusque abrir o placar logo aos dois minutos de jogo. Após falha da zaga, Júnior Pirambu colocou os visitantes na frente. Na reação rápida, Sávio empatou de cabeça aos 7 minutos da primeira etapa.

    Nos pênaltis, o Brusque foi campeão da Série D em Manaus, onde os dois já estavam classificados para a Série C
    Nos pênaltis, o Brusque foi campeão da Série D em Manaus, onde os dois já estavam classificados para a Série C | Foto: Lucas Silva

    Aos 13 minutos do segundo tempo, Mateus Oliveira virou o jogo e o time da casa colocava uma mão na taça. Já na parte final da etapa complementar, o atacante Thiago Alagoano empatou a partida em novo 2 a 2, levando a decisão para os pênaltis. Após igualdade nas primeiras cinco cobranças, Márcio Passos errou nas alternadas e o time catarinense ficou com o título da Série D.