Fonte: OpenWeather

    Copa Libertadores


    Em estreia na Libertadores, Flamengo bate Junior Barranquilla

    Com o resultado, o rubro-negro lidera o Grupo A com três pontos, ao lado do Independiente del Valle

    Na Colômbia, o time de Jorge Jesus apresentou um futebol abaixo do que tem jogado
    Na Colômbia, o time de Jorge Jesus apresentou um futebol abaixo do que tem jogado | Foto: Alexandre Vidal/Divulgação

    É Libertadores. E como não poderia deixar de ser, nem o atual campeão Flamengo escaparia facilmente de uma estreia complicada fora de casa. Sobretudo, pelos quatro titulares que desfalcaram a equipe na vitória sobre o Junior Barranquilla, por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (4). Resultado marcante por não ter sua força máxima, e por se superar em 90 minutos.

    Na Colômbia, o time de Jorge Jesus apresentou um futebol abaixo do que tem jogado, muito por conta das ausências de Rodrigo Caio, Arão, Rafinha e Bruno Henrique, mas demonstrou maturidade. Para o seu bem, o Flamengo teve Éverton Ribeiro com o pé em dia. O capitão rubro-negro, que estava zerado na temporada, fez um gol no princípio e outro no fim, fazendo o Flamengo começar com o pé direito. Téo Gutierrez diminuiu.

    Com o resultado, o time lidera o Grupo A com três pontos, ao lado do Independiente del Valle, que venceu o Barcelona por 3 a 0 e aparece na frente na tabela. O próximo adversário é justamente o Barcelona, no Maracanã.

    Para superar a pressão adversária, o Flamengo contou com boa atuação de Thiago Maia, que conseguiu boas transições, passes e teve firmeza na marcação. As demais ausências foram sentidas sobretudo pelo falta de um melhor e maior controle de jogo, dificultado pelo pouco entrosamento da defesa.