Fonte: OpenWeather

    Desempenho


    Lutador amazonense Raimundo Tubarão sonha com o título mundial no UFC

    Atleta possui uma preparação constante para as lutas e busca aprender com os erros para seguir em frente fazendo história

    | Foto: Diego Fotos

    Manaus – Natural do município Rio Preto da Eva (distante 80 quilômetros de Manaus), o lutador de MMA Raimundo Batista, de 26 anos, mais conhecido como “Tubarão”, sonha em conquistar o título mundial no Ultimate Fighting Championship (UFC). Em entrevista exclusiva ao Portal EM TEMPO, o talento amazonense conta como se prepara para conquistar o título e fala das inspirações na carreira de atleta.

    O lutador começou a carreira de atleta aos 15 anos, quando se identificou com o jiu-jitsu, método de luta que desenvolve técnicas de solo. Porém, foi aos 18 anos que Raimundo Tubarão lutou pela primeira em um evento de MMA.

    “Hoje, sou faixa preta de jiu-jitsu, dois graus, aluno do Márcio Pontes. E tenho um cartel de 14 lutas de MMA, 12 vitórias e duas derrotas. Já lutei no México e hoje tenho contrato assinado com o 3° maior evento de MMA do mundo, o Absolute Championship Akhmat (ACA)”, ressaltou Raimundo.

    Apesar de o mundo do MMA ter muitos nomes que se tornaram inspiração para aqueles que estão começando na carreira, o lutador diz não ter um em específico. Segundo Tubarão, ele prefere acreditar em si mesmo.

    Atualmente o atleta é dono do cinturão interino, do evento Mr. Cage MMA Championship
    Atualmente o atleta é dono do cinturão interino, do evento Mr. Cage MMA Championship | Foto: Diego Fotos

    “Minha maior inspiração é a realização do meu sonho. Lutar, é o que eu amo e o que eu sei fazer de melhor, então eu luto para realizar. Hoje, eu sou muito realizado pelas minhas conquistas, de ter chegado em um dos maiores eventos de MMA a nível mundial. Ter o reconhecimento do meu trabalho, meu potencial, conhecer pessoas que eu sou fã, visitar lugares por onde eu nunca imaginei passar. E com certeza poder estar vivendo do meu trabalho e tendo uma vida estável”, exclamou o lutador.

    Atualmente, o atleta é dono do cinturão interino, do evento Mr. Cage MMA Championship, e, apesar de não lembrar exatamente como o apelido “Tubarão” começou, se diz que faz jus ao nome na hora de brilhar no octógono.

    “É um apelido que eu tenho desde criança, inclusive mesmo antes das lutas. Foi o filho do meu padrasto que colocou e eu não lembro o motivo, mas eu procuro fazer ele valer. Sempre entro nos combates com coragem, audácia e agressividade, talvez isso faça lembrar realmente o ataque de um tubarão”, afirmou o atleta.

    Preparação

    O atleta possui uma preparação intensa e alimentação balanceada
    O atleta possui uma preparação intensa e alimentação balanceada | Foto: Diego Fotos

    Alcançar o título mundial no UFC é o sonho de muitos lutadores e para Raimundo não é diferente. Para conquistar o cinturão mundial é necessário ter disciplina e muito preparo. Segundo o atleta, a preparação é rigorosa e acontece mesmo sem ter uma luta próxima.

    “A minha preparação é constante. Eu tenho uma rotina independente se tenho luta marcada ou não, mas quando tem luta o foco é ainda maior. O treino é intenso, mantenho a minha condição física e técnica. Tem a dieta, que acaba deixando a gente irritado por causa da restrição de alimentos, mas eu sempre busco me dedicar, fazendo vários treinos por dia. Além da concentração psicológica que é fundamental para quem é atleta”, explicou Tubarão.

    Foco

    O lutador diz estar orgulhoso do caminho que traçou durante a trajetória até 2020, mas garante que ainda tem muitas conquistas pela frente.

    “O sonho de todo lutador de MMA é chegar no UFC, e graças a Deus estou um degrau acima, pois tenho experiência em um dos melhores eventos do mundo. Estou focando em mim, nos erros, venho de duas derrotas que só me fizeram abrir os olhos para melhorar mais ainda. Agora é confiar em mim mesmo e mostrar para o mundo o meu talento, o meu potencial, que eu sei que tenho. Sigo entregando nas mãos de Deus e também fazendo a minha parte”, afirmou.

    Em dezembro de 2019, o atleta participou de uma luta na Rússia, na cidade de San Petersburgo, e em março de 2020 esteve no Cazaquistão. Apesar de não ter conquistado a vitória, ele busca treinar para melhorar e superar os erros das últimas derrotas, contando sempre com o apoio dos treinadores.

    O lutador ressaltou ainda a importância de não esquecer das origens durante o crescimento profissional. “É muito importante ter humildade, eu busco conquistar meu espaço sem passar por cima de ninguém, valorizar quem esteve do meu lado desde o início e apostou junto comigo no meu sonho. Ser grato sempre, fazer pelo próximo o que eu gostaria que fizessem por mim”, pontua.

    Dificuldades

    Tubarão faz jus ao apelido pela agressividade nas lutas
    Tubarão faz jus ao apelido pela agressividade nas lutas | Foto: Diego Fotos

    Apesar de o atleta ter muitas conquistas, Tubarão ressalta que nem todos têm a mesma oportunidade. Para ele, a principal dificuldade que a carreira apresenta é a falta de patrocínio que dificulta o início da trajetória.

    “Eu sou de um município pequeno, então a falta de patrocinador com certeza é complicada. Todo atleta precisa de equipamentos, vestuário, boa alimentação, suplementos, assim como passagem e locomoção para treinar. Então é um gasto grande para conseguir manter um nível de alto rendimento. Precisamos estar com a saúde em dias e não ter patrocínio faz a gente pensar que o sonho é distante, mas é preciso acreditar e dar o melhor sempre, o sucesso é consequência”, afirmou Tubarão.

    Raimundo afirmou que carrega lições que as dificuldades do início lhe ensinaram
    Raimundo afirmou que carrega lições que as dificuldades do início lhe ensinaram | Foto: Diego Fotos

    Atualmente, o atleta não sofre mais com esse obstáculo, ele possui patrocinadores que acreditaram no seu trabalho e, agora, é manter o ritmo e conquistar vitórias.

    “Agradeço a Prefeitura Municipal de Rio Preto da Eva, ao empresário Fúlvio Pinto, Mercantil Real, KMK calçados, Bazar São Francisco, Silva Cosméticos, Autoescola Cristal, pelo apoio constante e por acreditarem no meu potencial”, agradeceu Raimundo.

    Tem uma sugestão de ESPORTE para virar notícia? Fale com a nossa equipe clicando aqui!