Fonte: OpenWeather

    UFC 249


    Ronaldo Jacaré testa positivo para Covid-19 e está fora do UFC 249

    Ronaldo Jacaré testou positivo para o coronavírus e está fora do UFC 249 deste sábado (9), em Jacksonville (EUA)

    Ronaldo Jacaré testa positivo para coronavírus e não enfrenta Uriah Hall no UFC 249, neste sábado
    Ronaldo Jacaré testa positivo para coronavírus e não enfrenta Uriah Hall no UFC 249, neste sábado | Foto: Reprodução/ Instagram @ronaldojacare

    O lutador brasileiro Ronaldo Jacaré, de 40 anos, testou positivo para o novo coronavírus (Covid-19) e está fora do Ultimate Fighting Champioship (UFC) 249. O presidente do evento, Dana White, afirmou que apesar disso, o UFC está confirmado para este sábado (9).

    Ronaldo Jacaré chegou em Jacksonville (EUA) na quarta-feira (7) para o UFC 249, com um membro da família sob suspeita de Covid-19. Embora assintomático, o lutador foi colocado em isolamento e, na última sexta-feira (8), recebeu o resultado positivo para os testes que realizou.

    Ronaldo  informou ao estafe do UFC, de acordo com a ESPN, que um membro de sua família poderia estar com coronavírus. Apesar da confirmação do lutador capixaba, Hunter Campbell, vice-presidente executivo do evento, afirmou que membros da organização fizeram uma reunião para seguir em frente.

    Antes de ser retirado do card, porém, Ronaldo Jacaré esteve presente no evento tradicional de pesagem e, inclusive, fez a "encarada" com Uriah Hall. O brasileiro usava máscara e luvas e permaneceu com certa distância do rival.

    O presidente do UFC, Dana White, não se mostrou surpreso com o fato de ter se deparado com um resultado positivo. ele afirmou, em entrevista, que "foram realizados 1.2000 teste em 300 pessoas diferentes durante a semana. Não é inesperado que uma pessoa fosse testar positivo. O sistema funciona e o lado positivo disso é que agora que sabemos que o Jacaré testou positivo, ele está fazendo tudo o que é necessário e nós estamos em posição de ajudá-lo no que for preciso”, disse.

    Uriah Hall, oponente de Ronaldo Jacaré no  UFC 249
    Uriah Hall, oponente de Ronaldo Jacaré no UFC 249 | Foto: Divulgação/ UFC

    Rival de Jacaré, Uriah Hall foi ao Twitter prestar solidariedade ao brasileiro. "Irmão, eu sei que isso é horrível. Sinto muito que você tenha que passar por isso. Estou mais que devastado por essa oportunidade perdida. Eu só desejo que você e sua família se recuperem", postou. Mara


    Comunicado oficial do UFC:

    A luta entre os pesos médios Uriah Hall e Ronaldo Souza não vai mais acontecer no card preliminar do UFC 249 porque Jacaré testou positivo para Covid-19 em um de seus exames.

    Além dele, os exames de dois membros da equipe de Ronaldo testaram positivo. A equipe médica do UFC os examinou e constatou que estão todos assintomáticos, sem exibir nenhum sintoma da Covid-19. Pelos protocolos de segurança, os três foram retirados do hotel e colocados em auto-isolamento. O time médico do UFC vai monitorá-los remotamente e prover toda assistência e tratamento necessários.

    Desde a chegada durante a semana até a saída, Jacaré e seus companheiros seguram todos os protocolos de saúde e segurança do UFC<, incluindo o distanciamento social, o uso de equipamentos de proteção pessoal e auto-isolamento sempre que possível.

    Não houve nenhum outro teste positivo para a Covid-19 dos outros atletas participantes do UFC 249.

    Isso é um indicativo da eficiência das medidas de saúde e segurança que o UFC impôs para esse evento.

    O card do UFC 249 deste sábado seguirá como programado, agora com 11 lutas.

    Card completo do UFC 249:

    Card Principal: Tony Ferguson (EUA) x Justin Gaethje (EUA) - pelo cinturão interino dos leves; Henry Cejudo (EUA) x Dominick Cruz (EUA) - pelo cinturão dos gelos; Francis Ngannou (CAM) x Jairzinho Rozenstruik (SUR) - pesados; Jeremy Stephens (EUA) x Calvin Kattar (EUA) - penas e Greg Hardy (EUA) x Yorgan De Castro (CPV) - pesados.

    Card Preliminar: Donald Cerrone (EUA) x Anthony Pettis (EUA) - meio-médios; Aleksei Oleinik (RUS) x Fabricio Werdum (BRA) - pesados; Carla Esparza (EUA) x Michelle Waterson (EUA) - palhas feminino; Vicente Luque (BRA) x Niko Price (EUA) - meio-médios; Bryce Mitchell (EUA) x Charles Rosa (EUA) - penas e Ryan Spann (EUA) x Sam Alvey (EUA) - meio-pesados.