Fonte: OpenWeather

    Mil gols


    Romário celebra milésimo gol, marcado 13 anos atrás

    O "baixinho" jogava pelo Vasco, quando bateu a meta de 1 mil gols

    Romário pendurou as chuteiras pouco tempo depois de alcançar a meta histórica, totalizando 1.002 gols
    Romário pendurou as chuteiras pouco tempo depois de alcançar a meta histórica, totalizando 1.002 gols | Foto: Reuters

    Há 13 anos e um dia, Romário marcava o milésimo gol na carreira. O ex-jogador de futebol e hoje senador da República recordou o fato na sua conta pessoal no Instagram . "Em 88 fiz esta promessa (....) bem que não me lembrava desta entrevista. Mas o mais importante é que fui lá e fiz".

    O feito histórico do "baixinho" aconteceu no estádio de São Januário - quando atuava como atacante do Vasco - contra o Sport, em 20 de maio de 2007. Antes de Romário, apenas Pelé havia chegado à marca dos mil gols, em partida do Santos contra o Vasco, em 1969, no Maracanã. Estádio que para o comentarista da Rádio Nacional, Mário Silva, foi palco de outros decisivos gols na carreira do artilheiro.

    "Foi no último jogo das Eliminatórias para a Copa de 1994 contra o Uruguai. O Parreira [técnico da seleção brasileira] não queria convocá-lo, mas por pressão popular acabou cedendo. Ele fez um partidaço, marcou dois gols e carimbou o passaporte do Brasil  para os EUA, onde também faria história conquistando o tetra", recorda o comentarista.

    Romário pendurou as chuteiras pouco tempo depois de alcançar a meta histórica, totalizando 1.002 gols. O número é questionado por alguns críticos, já que ele teria somado 75 gols da época em que jogava como atleta amador. Mas, no mundo do futebol, às vezes a matemática é bela por não ser perfeita. "Sou muito grato por tudo que vivi com futebol e pelo apoio que sempre tive de todos vocês. Valeu, galera", conclui o atacante.