Fonte: OpenWeather

    Série D


    Manaus x Brusque: final da Série D ganha reprise neste domingo (14)

    Após maratona de reprises de times "de fora", chegou a vez do Manaus FC ganhar espaço na TV; relembre a final da Série D neste domingo (14)

    Final da Série D ganha reprise na Band Amazonas
    Final da Série D ganha reprise na Band Amazonas | Foto: Lucas Silva/ Em Tempo

    Manaus - Após acompanhar diversas reprises de times de fora do Amazonas, como os títulos da Libertadores de 1998 e 2019 conquistados, respectivamente, por Vasco e Flamengo, chegou a hora do torcedor amazonense relembrar o último jogo do Manaus FC na Série D do Brasileirão de 2019, na final, contra o Brusque (SC).

    A Band Amazonas anunciou para o próximo domingo (14), a partir das 15h de Manaus, uma reprise especial da final da quarta divisão do Brasileirão de 2019, vencida pelo Brusque (SC), após uma campanha heroica que resultou no acesso do Gavião do Norte à Série C.

    A final

    Após dois jogos empatados em 2 a 2, Brusque (SC) levou a melhor em Manaus
    Após dois jogos empatados em 2 a 2, Brusque (SC) levou a melhor em Manaus | Foto: Lucas Silva/ Em Tempo

    No estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC), o time da casa chegou a abrir dois gols de vantagem, com Pirambu e Thiago Alagoano. Mas Rossini fez um "doblete" para empatar em 2 a 2 e trazer a decisão do título para Manaus, com apoio da torcida. O Gavião do Norte precisava de uma vitória simples para consagrar-se campeão.

    Diante de uma grande festa e 44.896 torcedores, que compareceram à Arena da Amazônia, o Manaus FC viu o Brusque abrir o placar logo aos dois minutos de jogo. Após falha da zaga, Júnior Pirambu colocou os visitantes à frente, mas a reação veio rapidamente e Sávio empatou de cabeça, aos 7 minutos da primeira etapa, colocando fogo no jogo.

    Aos 13 minutos do segundo tempo, Mateus Oliveira virou a partida e o esmeraldino já colocava uma mão na taça. Já na parte final da etapa complementar, no entanto, o atacante Thiago Alagoano empatou a partida em novo 2 a 2, levando a decisão para os pênaltis. Após igualdade nas primeiras cinco cobranças, Márcio Passos errou nas alternadas e o time catarinense ficou com o título da Série D.