Fonte: OpenWeather

    Troca confirmada


    Juventus e Barcelona finalizam troca entre Arthur e Pjanic

    Volante Arthur, ex-Grêmio, será o 27º brasileiro a defender a camisa da Juventus

    Juventus confirma contrato de Arthur até 2025
    Juventus confirma contrato de Arthur até 2025 | Foto: Divulgação/ Juventus

    O volante Arthur, ex-Grêmio, vai jogar ao lado de Cristiano Ronaldo. Isso porque o jogador de de 23 anos, que pertencia ao Barcelona, foi envolvido em uma troca com a Juventus, onde os catalães recebem o meia Miralem Pjanic.

    A negociação foi oficialmente confirmada na última segunda-feira (29) pelo time italiano. O clube da cidade de Turim, na Itália, desembolsou € 72 milhões de euros - aproximadamente R$ 440,6 milhões - pelo passe do atleta. O contrato vai até 30 de junho de 2025.

    “Obrigado a Juventus pelo interesse em me integrar ao grupo. Sei que vou pertencer a um grande clube; muitos desafios aguardam para serem superados junto aos bianconeri [torcedores da Juventus]", publicou o brasileiro, no Twiiter.

    Arthur chegou ao Barcelona em 2018, onde já atuou em 72 partidas e marcou quatro gols. "Agora, focados no presente, temos objetivos importantes em Barcelona e vou seguir até o final dando tudo: por mais companheiros e pelos torcedores", completou.

    O bósnio Miralem Pjanic, de 30 anos, deixa a Velha Senhora depois de quatro anos e 214 partidas pelo Campeonato Italiano. "O que hoje parece um dia muito triste, a partir de amanhã será uma memória esplêndida que carregarei no meu coração para sempre", despediu-se o meia.

    Segundo informa o repórter Rodrigo Ricardo, da Rádio Nacional, a transação também vai beneficiar o Grêmio, que recebe € 2,45 milhões (R$ 14,97 milhões), por ter sido um dos clubes de formação do volante brasileiro.

    O direito a 3,5% do valor da transferência está previsto no Mecanismo de Solidariedade da Fifa, que favorece os clubes que investem em divisões de base. 

    Leia mais: Com novas datas, Liga dos Campeões será decidida em Portugal;

    Real Madrid vence com gol brasileiro, mas não agrada Zinedine Zidane;

    Barcelona vence e abre vantagem sobre o Real Madrid no Espanhol.